icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/03/2014
20:08

Recém-promovido a titular na zaga do Santos, no lugar de Jubal, David Braz teve um domingo para ser esquecido. Justamente na partida mais decisiva, na semifinal do Paulista, contra o Penapolense, o defensor foi o responsável pelos dois gols da equipe adversária, que fez com que o placar ficasse adverso para o Peixe no primeiro tempo.

- A cabeça tinha que manter a tranquilidade, e eu estava nervoso com o que aconteceu. Estou chorando de emoção, a torcida apoiou a gente, e conseguimos a classificação - disse na saída do gramado.

Enquanto o time vencia por 1 a 0, ele fez um pênalti puxando a camisa do adversário. Na segunda vez, a bola sobrou entre ele e Aranha, e o atacante Douglas Tanque conseguiu tomá-la para marcar.

Após o gol de Stéfano Yuri, que fechou a vitória do time por 3 a 2, e garantiu a classificação para a final, ele foi consolado pelos companheiros Neto e Arouca, enquanto estava ajoelhado no campo, emocionado.

O técnico Oswaldo de Oliveira revelou que na chegada do vestiário, após o jogo, David Braz pediu desculpas para todo o elenco.

- O David foi muito banaca, ele mesmo se dirigiu aos companheiros, e muitos ficaram emocionados, porque estiveram na corda bamba com a classificação ameaçada - disse.

Na raça! Santos vira sobre o Penapolense e vai a mais uma final