icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
14:23

O Vitória foi eliminado da Copa do Brasil ontem à noite, ao perder, na disputa de penaltis, para o paranaense J. Malucelli. Sem a vaga na próxima fase da competição, o Leão soma três eliminações só no primeiro semestre - as outras duas foram no Campeonato Baiano e na Copa do Nordeste.

Insatisfeito com o desempenho do grupo rubro-negro, o técnico Ney Franco admite que o "alerta já está ligado" na Toca do Leão.

- Fomos eliminados de três competições com nível técnico muito abaixo do Brasileiro. O alerta está ligado e vamos juntos tentar resolver os problemas. Esta sexta-feira será um dia de muita conversa. Temos o Felipe (Ximenes, diretor de futebol) que está aí com a gente agora e vamos conversar, mas o alerta já estava ligado desde que fomos eliminados daquela forma da Copa do Nordeste, da forma como perdemos o Baiano e agora com essa eliminação.

Para Ney Franco, o time precisa de novos reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro, mas acredita que o atual time tinha competência para seguir nas competições em que foi eliminado.

- A gente precisa de reforços para o Campeonato Brasileiro. Mas sem os reforços dava para conquistar o Campeonato Baiano e chegar a final da Copa do Brasil e não precisa passar por isso.

Sabendo do momento ruim do clube, Ney Franco também contou que entederia caso a diretoria decidir demiti-lo, mas afirma o desejo de continuar no comando do Vitória.

- É meu primeiro momento de turbulência no Vitória. É um momento delicado, porque não tem como justificar uma desclassificação como essa. Meu pensamento é de continuar à frente do clube, mas qualquer decisão logicamente a gente está apto a conversar e chegar a um entendimento. Mas meu pensamento é estar em campo nesta sexta, trabalhando e preparando a equipe para a partida de domingo contra o Atlético-PR.