icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2014
20:41

Um dos jogadores mais questionados da Seleção Brasileira, o lateral Daniel Alves perdeu a titularidade para Maicon no jogo contra a Colômbia e foi reserva na derrota por 7 a 1 para a Alemanha nesta terça-feira, no Mineirão. Aparentemente tranquilo e imune à derrota, o jogador lamentou, mas preferiou valorizar o adversário.

- Não deu para desempenhar o trabalho que a gente vinha desempenhando. Mas enfim, é o futebol. Às vezes o futebol te dá lição e temos que olhar com muita tranquiliade esse jogo e aprender muito com o rival que a gente tinha em frente, que é um rival completíssimo - destacou o camisa 2.

Questionado se o vexame pode atrapalhar a carreira dos jogadores brasileiros, Daniel descartou essa hipótese e tratou o caso como uma "pontualidade".

- Nossa carreira e nossa história no futebol independem de pontualidades. Eu acho que hoje é uma pontualidade na nossa carreira, que não vai ser manchada com a eliminação e derrota de hoje. Eu acho que nossa luta e onde a gente conseguiu chegar isso não pode manchar. Futebol não se resume em um jogo. As competições estão aí para voce lutar, para competir da melhor forma possível. Infelizmente, fomos eliminados no dia de hoje. Mas eu acho que, independente de tudo isso, só tem verdadeiros campeões - finalizou.