icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
04/02/2015
11:10

Uma confusão da CBF atrasou ainda mais a regularização do meia Julio dos Santos no Campeonato Carioca. Ao invés de tratá-lo como negociação internacional, a entidade fez os procedimentos como se ele tivesse sido contratado junto ao Atlético-PR, ou seja, transferência nacional. Ao ver que estava errado, tudo teve de ser reiniciado. No fim da mahã, porém, tudo ficou resolvido e o meia está liberado para enfrentar o Madureira, nesta quinta-feira, às 21h, em São Januário.

De fato, Julio dos Santos até jogou no Atlético-PR, mas há cinco anos, antes de retornar ao Cerro Porteño, do Paraguai, onde foi artilheiro da última edição da Copa Libertadores e tem status de ídolo. Todos os documentos necessários já foram enviados à CBF, que precisa repassar à Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) para que ele seja regularizado.

Quem também ficou fora da estreia foi o zagueiro Douglas Silva. Entretanto, o caso dele já foi resolvido na última terça-feira, pois o clube esperava apenas um documento de liberação do Red Bull Salzburg, da Áustria, clube que teve de rescindir para acertar com o Vasco por dois anos.

Tanto Julio dos Santos quanto Douglas Silva, porém, não estão cotados para o time titular na partida contra o Madureira. Os dois treinam entre os reservas desde o início da pré-temporada, embora o zagueiro tenha sido titular em 2014 e o meia contratado como um dos principais reforços.

atualizada às 12:30