icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
09:05

Flamengo e Botafogo, necessariamente, não estão imbuídos na causa da fé que envolve a presença dos peregrinos no Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude com a presença do papa Francisco. Os clubes, porém, fizeram uma caminhada longa no primeiro semestre e o reencontro no Maracanã neste domingo, às 18h30, simboliza a volta para casa.  O LANCE!Net transmitirá o jogo em tempo real.

E no caso do Rubro-Negro, mais do que receber novamente o apoio da torcida no Maraca, o retorno ao estádio nutre a fé por um desempenho mais satisfatório em casa.

No período em que não mandou partidas no Engenhão – nove no total –, o clube conseguiu um aproveitamento de apenas 52%. Número, por exemplo, inferior ao de 2009, ano em que o time foi campeão brasileiro e conseguiu um aproveitamento superior a 60% nos jogos em que fez como mandante.

A jornada rubro-negra em 2013, por sua vez, contou não apenas com o impasse sobre o uso do Maracanã após a Copa das Confederações, como também com a demora em um novo acordo com o Engenhão antes de o estádio ser interditado.

Com três líderes distintos na romaria feita até em outros estados do Brasil, o Flamengo e o novo comandante mostram ansiedade pelo reencontro com o palco no qual o clube se consagrou em nível mundial e projetam o desejo de evitar deslocamentos para jogar mais no Rio.

– O Maracanã é um  dos maiores palcos do futebol mundial. Logicamente, dependendo da condução de como for, de fazer algo positivo no Maracanã, queremos jogar mais no Maracanã. O Rio é a cidade do Flamengo – disse Mano Menezes.

As ‘casas’ do Flamengo

Moça Bonita
O Fla jogou três vezes como mandante no estádio do Bangu. O time conquistou uma vitória, um empate e uma derrota.

Raulino de Oliveira
Foram duas partidas como mandante em Volta Redonda, sempre com vitórias.

Mário Helênio
O Rubro-Negro mandou dois jogos no estádio de Juiz de Fora (MG). Nele, acumulou uma vitória e um revés.

Orlando Scarpelli
Mandou um jogo no estádio do Figueirense, em Florianópolis, e perdeu por 1 a 0 para o Náutico.

Flamengo e Botafogo, necessariamente, não estão imbuídos na causa da fé que envolve a presença dos peregrinos no Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude com a presença do papa Francisco. Os clubes, porém, fizeram uma caminhada longa no primeiro semestre e o reencontro no Maracanã neste domingo, às 18h30, simboliza a volta para casa.  O LANCE!Net transmitirá o jogo em tempo real.

E no caso do Rubro-Negro, mais do que receber novamente o apoio da torcida no Maraca, o retorno ao estádio nutre a fé por um desempenho mais satisfatório em casa.

No período em que não mandou partidas no Engenhão – nove no total –, o clube conseguiu um aproveitamento de apenas 52%. Número, por exemplo, inferior ao de 2009, ano em que o time foi campeão brasileiro e conseguiu um aproveitamento superior a 60% nos jogos em que fez como mandante.

A jornada rubro-negra em 2013, por sua vez, contou não apenas com o impasse sobre o uso do Maracanã após a Copa das Confederações, como também com a demora em um novo acordo com o Engenhão antes de o estádio ser interditado.

Com três líderes distintos na romaria feita até em outros estados do Brasil, o Flamengo e o novo comandante mostram ansiedade pelo reencontro com o palco no qual o clube se consagrou em nível mundial e projetam o desejo de evitar deslocamentos para jogar mais no Rio.

– O Maracanã é um  dos maiores palcos do futebol mundial. Logicamente, dependendo da condução de como for, de fazer algo positivo no Maracanã, queremos jogar mais no Maracanã. O Rio é a cidade do Flamengo – disse Mano Menezes.

As ‘casas’ do Flamengo

Moça Bonita
O Fla jogou três vezes como mandante no estádio do Bangu. O time conquistou uma vitória, um empate e uma derrota.

Raulino de Oliveira
Foram duas partidas como mandante em Volta Redonda, sempre com vitórias.

Mário Helênio
O Rubro-Negro mandou dois jogos no estádio de Juiz de Fora (MG). Nele, acumulou uma vitória e um revés.

Orlando Scarpelli
Mandou um jogo no estádio do Figueirense, em Florianópolis, e perdeu por 1 a 0 para o Náutico.