icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/06/2014
17:35

Mesmo após a Federação da Costa do Marfim emitir um comunicado informando o falecimento de Oyala Ibrahim, irmão mais novo de Kolo e Yaya Touré, onde informou que os jogadores deveriam deixar o elenco em meio à Copa do Mundo, o técnico Sabri Lamouchi afirmou que a dupla optou por ficar com o grupo. Ele destacou que a decisão tem grande importância para os Elefantes.

- Trata-se de uma tragédia para a delegação. É muito triste, mas eles (Kolo e Yayá) escolheram ficar. Isso é muito importante para o grupo - destacou o treinador.

Oyala Ibrahim tinha 28 anos e também era jogador de futebol. Ele defendia o Safa Beirut, do Líbano. A morte ocorreu na última quinta-feira, em Manchester, na Inglaterra. As causas não foram divulgadas.

Com a derrota por 2 a 1 para a Colômbia, na última quinta, os marfinenses estão em segundo lugar no grupo C, com três pontos. Os africanos garantem a classificação em caso de vitória sobre os gregos ou com um empate, desde que o Japão não vença a Colômbia.