icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
14:49

Uma pequena amostra do novo time do Bayern, atual campeão alemaõ e europeu e agora treinado por Pep Guardiola, foi dada neste fim de semana em Hamburgo. No sábado, o time derrotou com facilidade a equipe da casa por 5 a 1 na semifinal da Telekom Cup, um torneio amistoso tradicional no período de pré-temporada dos clubes alemães.

Neste domingo, na final, o Bayern não tomou conhecimento do Borussia Monchengladbach (que havia derrotado e eliminado o Dortmund) e aplicou impediosos 5 a 1. O curioso é que, pela regra do torneio, cada tempo do jogo teve apenas 30 minutos. Ou seja, o massacre poderia ter sido maior.

LEIA MAIS:
Heynckes e Koeman descartam chance de serem novo técnico do Barça
Guardiola sobre a saída de Tito: 'É muito duro para mim'

O Bayern dominou o jogo desde o início. Aos 17, Ribèry abriu o placar, após receber lançamento de Robben e emendar de primeira. Cinco minutos depois, Lahm aproveitou rebote de chute de Kroos e chutou, de fora da área, para ampliar. Aos 26, o brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara completou de peito um cruzamento de Boateng e fez um golaço, seu primeiro tento pelo clube bávaro. Aos 29, Luuk cobrou bem o pênalti sofrido por Herman e diminuiu o placar para o oitavo colocado da última Bundesliga.

No segundo tempo, aos 10 minutos, Robben aproveitou cruzamento de Ribèry para fazer o dele, de cabeça. No último minuto de jogo, Miller também deixou o dele após receber passe de Ribèry, o rei das assitências, e completou a goleada: 5 a 1. Um começo e tanto para o Bayern.


Uma pequena amostra do novo time do Bayern, atual campeão alemaõ e europeu e agora treinado por Pep Guardiola, foi dada neste fim de semana em Hamburgo. No sábado, o time derrotou com facilidade a equipe da casa por 5 a 1 na semifinal da Telekom Cup, um torneio amistoso tradicional no período de pré-temporada dos clubes alemães.

Neste domingo, na final, o Bayern não tomou conhecimento do Borussia Monchengladbach (que havia derrotado e eliminado o Dortmund) e aplicou impediosos 5 a 1. O curioso é que, pela regra do torneio, cada tempo do jogo teve apenas 30 minutos. Ou seja, o massacre poderia ter sido maior.

LEIA MAIS:
Heynckes e Koeman descartam chance de serem novo técnico do Barça
Guardiola sobre a saída de Tito: 'É muito duro para mim'

O Bayern dominou o jogo desde o início. Aos 17, Ribèry abriu o placar, após receber lançamento de Robben e emendar de primeira. Cinco minutos depois, Lahm aproveitou rebote de chute de Kroos e chutou, de fora da área, para ampliar. Aos 26, o brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara completou de peito um cruzamento de Boateng e fez um golaço, seu primeiro tento pelo clube bávaro. Aos 29, Luuk cobrou bem o pênalti sofrido por Herman e diminuiu o placar para o oitavo colocado da última Bundesliga.

No segundo tempo, aos 10 minutos, Robben aproveitou cruzamento de Ribèry para fazer o dele, de cabeça. No último minuto de jogo, Miller também deixou o dele após receber passe de Ribèry, o rei das assitências, e completou a goleada: 5 a 1. Um começo e tanto para o Bayern.