icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/11/2013
12:03

O levantador Raphael, de 34 anos, não é apenas o mais velho do elenco que disputará a Copa dos Campeões, no Japão. O atleta também acumula grande experiência internacional, com passagens por equipes da Rússia, Itália e, atualmente, Turquia.

- Saí do Brasil com 23 anos, direto para a Rússia. A diferença foi muito grande. Fui para Kazan, uma cidade onde o frio era de 30 graus negativos e durante seis meses do ano, às 14h já era de noite. Foi tudo difícil e diferente, mas me fez crescer muito. De lá fui para a Itália, que já é mais parecido com o Brasil, onde passei oito anos, e agora a Turquia. Acho que o maior crescimento é saber respeitar a vida dos outros no que diz respeito a cultura, religião, costumes - disse Raphael.

Atualmente o atleta do Trentino está emprestado ao Halkbank Sport Club, da Turquia, porém, já pensa em retornar ao Brasil.

- Tenho muita vontade de voltar. Antes, eu tinha essa ligação com o Trentino, com um contrato longo, de cinco anos, e não tinha como sair. E eu também estava muito bem na Itália. Mas, claro, sempre tive vontade de estar novamente no Brasil. A partir de 2014, vamos ver como vai ser. Penso em começar a programar, sim, para uma possível volta. Quem sabe? - brincou o levantador.

O primeiro jogo será no dia 19 de novembro, contra o Irã, na cidade de Kyoto.