icons.title signature.placeholder David Nascimento e Pedro Leanza
25/12/2013
18:31

O Flamengo pode ganhar R$ 2 milhões por ter contratado o volante Rodrigo Souza sem que o jogador chegue a vestir a camisa do Rubro-Negro. Anunciado pelo Cruzeiro no último sábado, o atleta, de 26 anos, assinou um pré-contrato com o time da Gávea no dia 20 de novembro e, na documentação, há uma multa que chega a este valor caso o vínculo seja descumprido por uma das partes envolvidas.

– Nós tratamos com o empresário Jorge Moraes, que é um cara muito sério. O Rodrigo Souza assinou um pré-contrato conosco, ele faz parte dessa nossa filosofia de apostas. Infelizmente, este fato aconteceu e ficamos surpresos. Estamos estudando o que iremos fazer – afirmou o diretor de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe.

Rodrigo Souza chegou ao Cruzeiro por meio do empresário Fernando Garcia, que comprou os direitos do volante junto ao Boa Esporte e repassou-os ao time celeste. De acordo com o site oficial do Cruzeiro, o contrato do jogador será assinado apenas em janeiro, quando terá uma definição quanto ao tempo do vínculo. Ao Flamengo, o atleta foi apresentado pelo empresário Jorge Moraes, que também afirmou que irá estudar o que pode ser feito judicialmente pela quebra do acordo.

– Os contratos foram assinados no dia 20 de novembro, todos estão em posse do Flamengo. Ele tinha de ter me procurado para falar sobre a proposta do Cruzeiro, foi uma irresponsabilidade dele. Estou chateado e estudando quais medidas posso tomar – enfatizou Jorge Moraes.

O LANCE!Net procurou Thiago Ferro, empresário ligado a Fernando Garcia que levou Rodrigo Souza ao Cruzeiro, mas ele preferiu não comentar sobre o caso do jogador nesta quarta-feira por ser feriado. Já o presidente do Celeste, Gilvan de Pinho Tavares, e o diretor de futebol do clube Alexandre Mattos não foram encontrados até o fechamento desta reportagem.