icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/03/2014
12:53

O zagueiro Puyol anunciou nesta terça-feira que vai deixar o Barcelona, e a tendência é que resolva se aposentar, mas isso só deverá ser confirmado nos próximos meses. O principal motivo dado pelo zagueiro é a condição física. Aos 35 anos (faz 36 em abril), o capitão do clube catalão já acumula 36 lesões.

Os seus joelhos foram os principais causadores. Suas últimas duas lesões, uma em cada, obrigaram o jogador a fazer cirurgias complicadas, que deixaram o jogador muito tempo fora. Em seu pronunciamento, disse que não conseguiu se recuperar totalmente delas.

Em 2000, tinha acabado de profissionalizar, e já teve a primeira baixa. Teve uma lesão na coxa e na cartilagem do joelho direito, teve que ficar três meses afastado. Os anos de 2001 e 2006 foram os únicos que passou ileso. Em 2002 foram apenas duas. Uma na coxa esquerda, e outra novamente no joelho direito, mas não foram graves.

Começou a sofrer mais em 2003. Foram cinco lesões, sendo quatro entre o fim de novembro e o meio de janeiro, já abrindo o ano segundo. Entre 2004 e 2005, foram mais oito, sendo a última mais grave. Foi no tornozelo esquerdo e ficou 40 dias fora.

Depois de um 2006 livre, sofreu uma ruptura de ligamento no joelho esquerdo: dois meses e meio sem jogar. De lá para cá, foram várias pequenas contusões, até chegar 2013. Precisou passar por grave cirurgia ainda em março, e não conseguiu se recuperar completamente desde então.

Relembre momentos das 15 temporadas de Puyol no Barça