icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/03/2014
18:00

A Seleção Brasileira masculina de basquete fez um vexame na Copa América da Venezuela, no ano passado. Mesmo assim, o time nacional recebeu um convite da Federação Internacional de Basquete (Fiba) para participar da Copa do Mundo da Espanha. Entretanto, a situação da modalidade no país não anda nada bem.

O LANCE!Net fez um levantamento do momento dos principais nomes da equipe de Rubén Magnano e o quadro não é animador. Na NBA, principal liga do basquete, nenhum dos cinco brasileiros que atuam por lá vive bom momento atualmente.

Dos 15 principais nomes destacados, pelo menos nove estão em baixa atualmente e um deles, Marcelinho Machado, não tem o objetivo de voltar a jogar pela Seleção Brasileira.

Confira a situação dos grande nomes do basquete brasileiro:

Leandrinho: Vinha obtendo atuações regulares pelo Phoenix Suns, mas sofreu duas lesões recentemente. Primeiro, teve um problema no dedão do pé esquerdo e na noite desta terça-feira voltou a ser afastado, desta vez por causa de uma fratura na mão.

Nenê: É um dos líderes do Washington Wizards em quadra e vinha fazendo grande temporada pela equipe da capital. Porém, o ala-pivô sofreu uma torção no joelho e só deve retornar para os playoffs da NBA, em abril.

Anderson Varejão: Com uma lesão nas costas, o pivô de 31 anos não entrou em quadra nas últimas 11 partidas do Cleveland Cavaliers na NBA. Ao todo, já se ausentou em 14 partidas nesta temporada.

Tiago Splitter: O pivô teve uma lesão no ombro no mês de janeiro e depois outra na panturrilha em fevereiro. Já retornou e segue como titular no San Antonio Spurs, porém acumulando partidas discretas, com médias de oito pontos e seis rebotes.

Vitor Faverani: O pivô de 25 anos está em sua primeira temporada na NBA, atuando pelo Boston Celtics. Sem boas atuações, foi enviado para a D-League (espécie de Liga de Desenvolvimento), mas foi chamado para o Celtics novamente em fevereiro. Atualmente ele está fastado por uma lesão no joelho.

Vitor Benite: Ala-armador do Flamengo sofreu uma ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo e do menisco lateral, em novembro, e atualmente está em uma recuperação que pode durar de seis a oito meses longe das quadras. Ele não compete mais nesta temporada.

Marquinhos: Ala do Flamengo ficou afastado por cerca de oito meses em função de um edema ósseo na tíbia. Ele voltou a jogar no fim de janeiro e tenta recuperar a sua melhor forma. Na última semana, na Liga das Américas, teve boas atuações pelo time rubro-negro.

Marcelinho Huertas: Não está em grande fase, mas tem tido boas atuações pelo Barcelona. Não teve problemas de lesão recentemente.

Guilherme Giovannoni: Talvez o caso mais animador entre os atletas citados. O ala-pivô de 33 pontos não se ausentou em nenhuma partida do NBB nesta temporada e tem médias de 17 pontos e sete rebotes pelo Brasília.

Alex Garcia: O ala de 34 anos tem boas médias no NBB, com 17 pontos e seis rebotes. porém, jogou somente 16 dos 25 jogos, sendo que ficou afastado por mais de um mês com uma lesão na coxa no fim do ano passado.

Larry Taylor: Apesar de não estar sendo brilhante, o americano naturalizado brasileiro está fazendo um bom NBB pelo Bauru. O armador de 33 anos tem médias de 11 pontos, cinco rebotes e seis assistências nesta temporada.

Marcelinho Machado: Após não jogar a temporada 2012-2013 por causa de grave lesão no joelho, o ala-armador voltou em grande estilo nesta temporada. Aos 38 anos, ele vem tendo médias de mais de 18 pontos no NBB, mas indica que não pensa em retornar à Seleção, da qual se aposentou após a Olimpíada de Londres.

Raulzinho: O armador de 21 anos é titular do Lagun Aro na Liga ACB, da Espanha, e possui médias de quase nove pontos e três assistências. Não joga desde 16 de fevereiro na liga por causa de uma fratura no dedo da mão esquerda.

Augusto Lima: Ala-pivô de 22 anos não tem sido titular no Murcia, da Liga ACB. Mas, tem saído do banco para registrar bons números. Em 22 minutos em quadra por jogo nesta temporada, tem médias de 9,5 pontos e 6,6 rebotes.

Rafael Hettsheimeir: Com lesão na perna direita, não joga desde o dia 2 de fevereiro. O pivô de 27 anos, porém, não era titular no Unicaja, da Liga ACB. Em média, jogava por 14 minutos e anotava seis pontos antes da lesão.