icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
27/11/2014
16:36

A temporada 2014 do Circuito Banco do Brasil Sub-23 de vôlei de praia chegou ao fim nesta quinta-feira, com títulos para Andressa e Paula Hoffmann (PB/RJ) e André e Vinícius (ES) na sexta etapa da competição, em Brasília (DF). Além disso, os jogos também definiram a dupla campeã da temporada no torneio feminino. Sandressa e Amanda (AL/RJ) contaram com resultados favoráveis e levaram o título. O pódio foi uma reedição da etapa de Campo Grande (MS), quando as mesmas duplas levaram o ouro.

Com o título da temporada já garantido por antecipação, Anderson Melo e Ramon Gomes (RJ) entraram em quadra ‘soltos’, buscando encerrar a temporada com chave de ouro. Na decisão, porém, enfrentaram uma dupla que vinham num ritmo forte no torneio. André e Vinícius (ES) não tinham perdido nenhum jogo até a decisão e conseguiram a vitória de virada: 2 sets a 1 (15/21, 21/15, 15/12), em 50 minutos.

- Estávamos buscando esse título, foi um jogo muito duro, o Anderson e o Ramon são uma dupla fortíssima. Tivemos o mérito de não desistir da partida, de continuarmos buscando, mesmo quando aparentemente as coisas não pareciam boas. Estamos muito felizes, é um passo importante poder encerrar a última etapa com o ouro - destacou André.

Na semifinal, horas mais cedo, Anderson/Ramon tinha vencido Álvaro Andrade/Eduardo Rocha (SE/RJ) por 2 sets a 0 (21/18, 21/13), em 43 minutos. Já André e Vinícius haviam eliminado nas semifinais Matheus Maia/Alexandre (RJ), por 2 sets a 0 (21/19, 21/17), em 38 minutos. Na disputa da medalha de bronze, vitória de Matheus Maia e Alexandre por 2 sets a 1 (20/22, 21/19, 19/17), em 47 minutos.

Vencedores da etapa de Brasília do Circuito Banco do Brasil sub-23 (foto: Fernando Elias/CBV)

Andressa e Paula Hoffmann voltam ao pódio

Após uma campanha sem nenhuma derrota no torneio, Andressa e Paula Hoffmann (PB/RJ) enfrentaram Juliana Simões e Tainá (PR/SE) na decisão. A partida foi equilibrada, mas a paraibana e a carioca levaram a melhor e venceram por 2 sets a 0 (21/17, 21/17), em 40 minutos.

Para chegar à final, dupla Andressa/Paula Hoffmann (PB/RJ) tinha derrotado nas semifinais Bárbara/Priscila (RJ) por 2 sets a 1 (21/13, 19/21, 15/10), em 54 minutos. Do outro lado da chave, Juliana Simões e Tainá (PR/SE) derrotou Ana Patrícia/Carolina (MG/RJ) por 2 sets a 1 (21/13, 17/21, 11/15), em 53 minutos. Na disputa do bronze, melhor ara Ana Patrícia e Carolina, que venceram Bárbara e Priscila por 2 sets a 0 (21/15, 21/18), em 36 minutos.

- A gente teve dois jogos muito difíceis, bastante equilibrados, mas conseguimos nos acertar. Na conversa, fizemos o que tínhamos combinado antes e funcionou. Temos um bom entrosamento, estivemos juntas nas seleções de base, isso facilita - disse Andressa.

- Nós fizemos uma boa partida na final, mas o outro time jogou muito bem também, gerou muitas dificuldades para nossa dupla. Jogamos juntas, unidas, e isso faz diferença. Estávamos muito focadas, queríamos muito conquistar esse título e terminar a temporada com esse troféu - completou Paula Hoffmann.

Andressa/Paula Hoffmann ficaram no lugar mais alto do pódio (foto: Fernando Elias/CBV)

Quem também comemorou foi a alagoana Sandressa e a carioca Amanda. Ambas precisavam torcer contra Bárbara e Priscila, que poderiam conquistar o título da temporada se vencessem a atual etapa. A eliminação de ambas na semifinal, porém, garantiu o título para a dupla.

- Sempre é muito bom ser campeão, ainda mais ter conquistado o bicampeonato em um torneio com nível técnico alto. A Amanda é nova, consegui passar um pouco de experiência para ela nesse meu ultimo ano de base. A gente sempre quer ganhar, o normal não é ficar torcendo do lado de fora, mas não tinha outro jeito. Fiquei na expectativa desde ontem, é algo raro de acontecer, mas felizmente os resultados colaboraram. Estou feliz e agora começo uma caminhada no torneio profissional - disse Sandressa, que tinha sido campeã do Sub-23 em 2013, mas jogando ao lado da baiana Fabrine.