icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2013
15:23

Com a saída de Tito Vilanova do comando do Barcelona por problemas de saúde, alguns nomes já começam a surgir como favoritos. Caso não aposte por uma solução caseira, como foi na saída de Pep Guardiola, André Villas-Boas, atualmente no Tottenham, surge como grande favorito, de acordo com o "As".

A situação fica complicada em um momento em que há pouca gente no mercado. Dois nomes que seriam do agrado da diretoria fecharam com novos clubes há pouco tempo. O presidente Sandro Rosell gosta de Luis Enrique, ex-jogador do próprio Barcelona, por exemplo. Mas ele acertou recentemente com o Celta, e tem uma cláusula de 10 milhões de euros (R$ 29 milhões).

Outro plano B que o Barça tinha, caso a saída de Tito acontecesse era Ernesto Valverde. Ele saiu do Valencia ao fim da temporada e já acertou seu retorno ao Athletic Bilbao.

Convencer Villas-Boas a seguir para a Catalunha será difícil. Ele recusou uma oferta do Paris Saint-Germain, e tem uma cláusula de 14 milhões de euros (R$ 41 milhões). Mas ao contrário do Celta no case de Luis Enrique, os Spurs não devem facilitar a negociação.

Além disso, ao fim da temporada, o português dizia que um de seus objetivos era completar dois anos em um clube, o que não conseguiu em nenhum de seus trabalhos: Académica, Porto e Chelsea.

Rosell e Zubizarreta vão conceder uma entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira para dar outras informações. Por enquanto, o auxiliar Rubi assume de forma interina.

Jornalistas comentam possível ida de Villas-Boas para o Barça

Com a saída de Tito Vilanova do comando do Barcelona por problemas de saúde, alguns nomes já começam a surgir como favoritos. Caso não aposte por uma solução caseira, como foi na saída de Pep Guardiola, André Villas-Boas, atualmente no Tottenham, surge como grande favorito, de acordo com o "As".

A situação fica complicada em um momento em que há pouca gente no mercado. Dois nomes que seriam do agrado da diretoria fecharam com novos clubes há pouco tempo. O presidente Sandro Rosell gosta de Luis Enrique, ex-jogador do próprio Barcelona, por exemplo. Mas ele acertou recentemente com o Celta, e tem uma cláusula de 10 milhões de euros (R$ 29 milhões).

Outro plano B que o Barça tinha, caso a saída de Tito acontecesse era Ernesto Valverde. Ele saiu do Valencia ao fim da temporada e já acertou seu retorno ao Athletic Bilbao.

Convencer Villas-Boas a seguir para a Catalunha será difícil. Ele recusou uma oferta do Paris Saint-Germain, e tem uma cláusula de 14 milhões de euros (R$ 41 milhões). Mas ao contrário do Celta no case de Luis Enrique, os Spurs não devem facilitar a negociação.

Além disso, ao fim da temporada, o português dizia que um de seus objetivos era completar dois anos em um clube, o que não conseguiu em nenhum de seus trabalhos: Académica, Porto e Chelsea.

Rosell e Zubizarreta vão conceder uma entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira para dar outras informações. Por enquanto, o auxiliar Rubi assume de forma interina.

Jornalistas comentam possível ida de Villas-Boas para o Barça