icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
30/07/2014
15:13

Figura constante nas preparações de Anderson Silva, André Galvão, ícone do jiu-jitsu mundial, ainda não sabe se estará ao lado do ex-campeão dos médios em seu retorno às competições, dia 31 de janeiro, na edição 183 do UFC, em Las Vegas, contra Nick Diaz.

Em entrevista ao LANCE!Net, o faixa-preta de jiu-jitsu afirmou que ainda não recebeu o convite de Spider, mas se depender de sua vontade, estará pronto e à disposição para ajudá-lo.

- Na verdade, eu ainda não sei (se fará parte da preparação). Eu sempre gosto de ajudar o Anderson e acho que essa luta é muito importante para ele. Se nada me impedir, gostaria muito de estar com ele nessa preparação - afirmou ao L!Net.

Na última terça-feira, o Ultimate anunciou de forma oficial o embate entre Anderson e Nick Diaz. Ambos os atletas estão há um bom tempo sem lutar e o retorno dos dois é aguardado ansiosamente. Para Galvão, o duelo será decidido na trocação, mas ainda assim o especialista em jiu-jitsu elogiou a parte de chão do americano.

- O Nick Diaz é bem experiente, absorve bem as pancadas e tem um bom cardio. O jiu-jitsu dele também é muito bom, mas acho que o jogo de quedas dele não é tão forte como o jiu-jitsu. Acredito que o Anderson deva levar a luta em pé e o Diaz também gosta desse jogo. Vai ser uma ótima luta de muita trocação e deve ser decidida em pé - adiantou.

Sobre o retorno de Anderson ao octógono, após um ano ausente desde que fraturou sua perna esquerda em duelo contra Chris Weidman, o especialista na arte suave disse que o ex-campeão tem o direito de escolher contra quem iria voltar.

- O Anderson é o campeão da história do MMA e acho que ele pode escolher os adversários à sua volta, principalmente as duas ou três primeiras lutas, depois o UFC decide o resto. Desejo o melhor ao nosso campeão. Parabéns ao Nick Diaz por ter aceito o duelo também - completou.