icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni
03/06/2014
08:03

A diretoria do Corinthians está confiante de que, além de Romero, também acertará a contratação do zagueiro Anderson Martins até o fim desta semana. Nos últimos dias, as conversas com o empresário Carlos Leite foram positivas e um acordo salarial está perto de sair.

No primeiro contato, foi falado que o jogador recebe cerca de R$ 600 mil mensais no Al-Jaish, do Qatar, e o Timão falou que não haveria negócio por esses valores. O acordo deve sair em cerca de R$ 250 mil mensais.

Martins passa férias com a família em Fortaleza e espera ser integrado ao elenco no retorno das mini-férias alvinegras, no dia 16 de junho. Ele quis voltar para o Brasil também porque sua esposa está grávida e deseja ter o filho na capital cearense.

Entre o fim de 2012 e início de 2013, o Corinthians procurou o jogador, mas os xeques do clube do Qatar não liberaram sua saída. Eles desembolsaram cerca de R$ 13 milhões para tirá-lo do Vasco, em agosto de 2011. Ele chegou a renovar o contrato até o fim de 2018 e teve atendido desta vez o pedido de ser negociado.

Veja lances de Anderson Martins, pretendido pelo Timão

Surpresa e saia justa
No dia 25 de maio, o Al-Jaish anunciou em seu site oficial o empréstimo do jogador até a metade de 2015 para o Corinthians. A partir daí, o Timão se manifestou dizendo que não havia acordo nenhum. O empresário Carlos Leite havia conseguido sua liberação dizendo que o clube paulista seria o destino, mas ainda sem ter fechado nada.

Leite já havia se comprometido com a comissão técnica alvinegra, que aprovou na hora o nome de Anderson Martins, e achou que, por ele chegar sem custos, os salários não seriam problema. Mas foram.

Nos últimos dias, o jogador ressaltou que gostaria de defender o Corinthians e abriu mão de valores para, enfim, poder ser contratado.