icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/03/2014
10:19

América-MG e Atlético-MG realizam às 16h deste domingo o jogo de ida da semifinal mineira no estádio Independência. Com a vantagem por ter terminado a primeira fase em uma colocação melhor, o Galo joga por dois empates. Já o Coelho terá que fazer muito mais que no único duelo contra o rival neste ano, em que saiu na frente por 2 a 0, mas cedeu a virada no segundo tempo. O jogo de volta acontecerá no mesmo Independência, no dia 30.

Apesar de alguns desfalques, o Galo vai para a partida como favorito, não só pela vantagem, mas muito pelo elenco, tecnicamente superior ao do Coelho. No time titular, Autuori não terá o velocista Fernandinho, por conta de uma lesão muscular, e Pierre, cortado na manhã de ontem devido a um edema na panturrilha. Neto Berola e Leandro Donizete serão os respectivos substitutos.

– As minhas características e as do Fernandinho são praticamente as mesmas, velocidade. Vou fazer o que vinha fazendo nos jogos, se não fizer gol, tentar a assistência. Venho entrando bem e o entrosamento de todos tem dado certo - disse Berola.

Acostumado a enfrentar o Galo em jogos decisivos, quando ainda jogava pelo Cruzeiro, Leandro Guerreiro reconhece o favoritismo do Atlético na partida, mas acredita que o América pode surpreender o rival dentro do Horto, mesmo local onde manda suas partidas.

– O Atlético é 100% favorito, mas fora de campo. Demonstramos no primeiro jogo, principalmente no primeiro tempo, que temos condições de ganhar - falou o jogador, relembrando o clássico disputado da primeira fase.

AMÉRICA-MG x ATLÉTICO-MG
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 23/3/2014 - 16h
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Wesley Moreira de Carvalho

AMÉRICA-MG
Matheus; Elsinho, Lula, Leandro Guerreiro e Gilson; Diego Henrique, Andrei Girotto, Willians e Tchô; Ricardinho e Obina. Técnico: Moacir Junior.

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Otamendi e Dátolo; Josué, Leandro Donizete; Diego Tardelli, Ronaldinho e Neto Berola; Jô. Técnico: Paulo Autuori.