icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2013
17:07

O dia foi de mais apurações na Arena Corinthians. Nesta sexta-feira, estiveram presentes no canteiro de obras o presidente do Instituto de Engenharia, Camil Eid, técnicos da Defesa Civil, e representantes da Liebherr, empresa fabricante do guindaste LR11350, que era responsável pela instalação da cobertura.

Em contato com o LANCE!Net, a empresa confirmou que técnicos alemães chegaram ao Brasil pela manhã e que teriam reuniões com a Odebrecht Infraestrutura e com a Locar Transportes, dona do superguindaste.

A chegada dos especialistas será importante pare se decodificar as informações que ficaram gravadas na "caixa-preta" do veículo, que carrega um HD instalado dentro da cabine para gravar as informações operacionais e as coordenadas dos movimentos. Essa análise pode ajudar na descoberta das causas do acidente, que deixou duas vítimas fatais.

Em nota, a construtora diz que "as obras serão retomadas na segunda-feira, 2 de dezembro, com todo o efetivo de 1350 trabalhadores. As atividades estarão concentradas no prédio oeste, norte e sul, arquibancadas e gramado. A Odebrecht reforça que a estrutura da arquibancada não foi comprometida".

O Ministério do Trabalho, porém, embargou provisoriamente as operações com guindastes na Arena Corinthians. A área do acidente, que corresponde a 5% do estádio, também estará interditada até a liberação para as obras emergenciais.