icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
20/12/2013
07:45

Apesar da invencibilidade da Seleção no Mundial da Sérvia, Alexandra Nascimento não estava totalmente satisfeita. Não com o Brasil, logicamente, mas com a sua performance.

Tudo mudou nas quartas de final contra a Hungria. Oitenta minutos e dez gols mais tarde, havia mostrado por que foi eleita a melhor do mundo em 2012. Nesta sexta-feira, às 17h45 (de Brasília), com transmissão tempo real pelo L!Net, ela tenta conduzir o Brasil à inédita decisão do torneio, em duelo contra a seleção da Dinamarca.

Com status de estrela do time dirigido por Morten Soubak, Alê não havia brilhado ainda no Mundial. Pelo contrário: contra a Holanda, foi criticada abertamente pelo treinador por conta de diversos tiros errados.

Morten chegou a colocá-la no banco de reservas da etapa final daquele duelo. O “chá de cadeira” do técnico funcionou, e a ponteira direita do Hypo (AUT) respondeu em quadra, já no jogo seguinte.

– Graças a Deus, estou mais leve. Até falei com a minha mãe, com o meu marido: eu desencantei mesmo no jogo contra a Hungria. Contra a Holanda, não fui bem – reconheceu Alê, em entrevista ao L!Net.

A melhor do mundo tem agora a tarefa de conduzir toda sua Seleção ao topo do planeta. E prega coletividade à equipe, mesmo que isso lhe custe um possível bicampeonato como maior atleta da modalidade.

Até hoje, nenhuma jogadora pôde ser escolhida duas vezes consecutivas como a melhor do mundo. Em nome da inédita medalha do Brasil em Campeonatos Mundiais, Alê aceita até mesmo passar a sua coroa para uma companheira:

– Eu já ganhei um presente de Deus por ser eleita a melhor do mundo e ser a melhor ponta em uma Olimpíada. E o que aconteceu é tudo fruto do que a Seleção está fazendo. Quero pensar só no presente. Talvez, não seja eu. Porque não uma outra jogadora do Brasil? - disse.

A Federação Internacional de Handebol (IHF, em inglês) promove a eleição de melhor atleta do planeta sempre no início do ano seguinte. A votação é composta tanto por experts do esporte quanto pelo público, que participa pela internet.