icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/06/2014
17:21

A diretoria da Chapecoense oficializou nesta quinta-feira que Cadú Gaúcho, gerente de futebol do clube, acumulará agora ao seu trabalho uma nova função criada: diretor técnico da equipe. O dirigente da Chape deverá auxiliar o treinador no comando do time, atividade que ele garante já estar exercendo.

- Na rotina do dia a dia, não muda muito, porque eu já estava acompanhando diretamente os treinamentos, os jogos. O que muda é que agora eu vou ter mais liberdade de conversar com o treinador, com os próprios jogadores, trocar ideias sobre a maneira de jogar, mas sabendo sempre que a decisão final é do treinador - explicou.

E MAIS:
> De olho no mercado sul-americano, Chape pode anunciar meia argentino
> Goleiro da Chapecoense, Danilo fala sobre titularidade: 'Ninguém tem lugar cativo'
> Atleta da Chape se diz 'feliz' por estar sendo observado por outros clubes

Outra novidade revelada pela direção do Verdão do Oeste foi a manutenção de Celso Rodrigues no comando do grupo. De acordo com o vice-presidente de futebol João Carlos Maringá, a Chapecoense cessa nesse momento a procura por um novo técnico e deposita toda a confiança em Celso Rodrigues.

- O Celso segue como técnico interino, com todo o respaldo da diretoria e agora vai contar também com a colaboração do Cadú - afirmou.

Além das novas resoluções no comando técnico, a diretoria da Chape também acertou algumas questões referentes a jogadores. O volante Willian Arão, que estava no elenco por empréstimo, foi liberado para voltar ao Corinthians. Já o atacante Alemão e o meia Régis seguem em negociação.