icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
01/11/2014
18:27

Ausente dos treinos por quase duas semanas no Atlético-MG, o atacante Jô voltou a ser relacionado por Levir Culpi após cinco rodadas "de molho" no time mineiro neste Campeonato Brasileiro, além de uma partida pela Copa do Brasil. O recente "sumiço" do jogador, no entanto, contribuiu ainda mais para que os torcedores se acostumassem a ver a equipe sem um centroavante de ofício dentro de campo. A mudança fez com que Diego Tardelli atuasse algumas vezes como falso 9, mas não diminui o ânimo de Jô em voltar para a equipe, mesmo que seja em outra posição, como brinca o atacante.

- Hoje o Atlético joga em um sistema diferente. Em algumas vezes, o Levir pode me utilizar como 9 ou em outra função. Eu tenho que acatar as ordens do treinador. A função do Tardelli tem que fazer, se for zagueiro, vou de zagueiro – comentou, em tom de brincadeira, o atacante.

E MAIS:
> Levir espera Furacão com intensidade semelhante à do Fla
> Capitão de conquista de 71, Oldair morre em Belo Horizonte

Para o confronto diante do Atlético-PR, Jô foi relacionado por Levir e tem chances de voltar a atuar, mesmo que seja na etapa final, como acredita o jogador.

- Tem muito tempo que não jogo 90 minutos. O mais correto seria entrar no segundo tempo com calma, retomando a confiança. Deve ser isso que ele (Levir) está pensando – acrescentou o camisa 7.

Questionado sobre a situação do atacante, Levir mostrou a mesma preocupação com a parte física de Jô, que além de não atuar há seis partidas, já não marca há 22 jogos.

- Me preocupam mais os jogos que ele ficou sem jogar. Os jogadores estão correndo muito e isso leva um desgaste muito grande. Minha preocupação se deve ao ritmo de jogo – definiu Levir.