icons.title signature.placeholder Pedro Barboza
28/03/2014
17:29

O dia anterior ao segundo jogo da semifinal do Campeonato Carioca contra a Cabofriense, foi de tranquilidade para o técnico Jayme de Almeida e também para os jogadores do Flamengo. Isso porque o treinador comandou apenas um recreativo e logo em seguida os prováveis titulares treinaram faltas.

A partida contra a Cabofriense será um teste para o treinador ver como a equipe irá se portar diante do Emelec (EQU). Como Digão, Luiz Anotnio e Márcio Araújo não estão inscritos na Libertadores, Paulinho pode ser a opção para a lateral, já que Léo Moura e Léo ainda seguem no departamento médico.

O camisa 2 ainda recupera-se de dores no adutor da coxa esquerda, assim como Andrés Santos. Elano, ainda com dores na coxa direita, já está em transição entre o departamento médico e a preparação física, mas ficou apenas na academia e fisioterapia. Léo, que poderia retornar ao time, voltou a sentir um incômodo na coxa direita na quinta-feira e voltou para o DM. Cáceres, com uma luxação no ombro direito, ainda segue fora.

Com isso, o provável time de entrar em campo com Felipe; Paulinho; Wallace, Samir e João Paulo; Amaral, Muralha, Lucas Mugni, Everton e Gabriel; Hernane.

Fechou o tempo! Jayme se recusa a falar de Libertadores

Ao fim do rachão, os reservas treinaram finalizações. Enquanto isso, Muralha, Paulinho, Samir intensificaram as cobranças de faltas e penalidades. Em seguida, Alecsandro, Chicão e Hernane também treinaram.

Para chegar à final, o Rubro-Negro pode até perder por dois gols de diferença. Quem vencer, encara ou Fluminense ou Vasco, que empataram em 1 a 1 no primeiro jogo.