icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/12/2013
10:01

Após três anos e dois meses "pilhado" na função de técnico do Corinthians, Tite se torna, a partir deste domingo, um profissional sem clube. Com cinco títulos conquistados pelo Timão nesse período, o gaúcho tem contrato até 31 de dezembro, já sabe que será substituído por Mano Menezes, e assegura que está na hora de descansar. Não passa por sua cabeça assumir um clube no início de 2014.

- Agora, definitivamente, eu sossego. Quero ficar com a esposa, ver a família... Esse é o primeiro passo - explicou o treinador logo após a derrota por 1 a 0 diante do Náutico que encerrou sua passagem pelo Corinthians.

Segundo o treinador, ele ainda está negociando com a esposa a duração de seu período sabático em 2014. Rosmari quer que Adenor fique pelo menos quatro meses cuidando apenas da família, indo inclusive ver o filho Matheus, que estuda e joga futebol por uma universidade norte-americana, e Gabriele, que faz intercâmbio no Canadá. Tite, no entanto, acredita que só conseguirá ficar um mês sem trabalhar com futebol.

Cinco clubes já procuraram o treinador, sendo duas de fora do país e três do Brasil. Segundo a coluna De Prima, Santos e Grêmio sondaram. No último dia no Corinthians, Tite se emocionou durante a preleção, trocando abraços com os comandados no vestiário da Arena Itaipava Pernambuco. Para fechar as cortinas de sua passagem vitoriosa pelo clube, ele deixou uma mensagem para Mano Menezes, substituto que será anunciado até terça-feira.

- Independentemente de quem for o técnico, acho que é o Mano, não posso ter uma manifestação pública sobre isso. O principal foco deve ser a saúde dos jogadores, tanto que tiramos alguns antes do último jogo para voltar com a saúde legal. O início de ano para o Corinthians é importante. Mas se o novo treinador tiver o que eu tive de cumplicidade, apoio, carinho e consideração, ele vai conseguir desenvolver todo o seu potencial.