icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci e Russel Dias
25/02/2015
09:02

Depois de se desentender com a antiga diretoria do Santos, o ex-goleiro Fábio Costa aos poucos vai se reaproximando do clube no qual teve duas passagens e venceu três títulos. Mais de um ano após anunciar a aposentadoria dos gramados, o agora como empresário de jogadores esteve na última segunda-feira reunido com o presidente do Peixe, Modesto Roma Júnior, na Vila Belmiro.

Fábio foi um dos apoiadores da campanha de Modesto no fim do ano passado, e ambos mantêm boa relação. A reunião da última segunda, aliás, não foi a primeira depois da posse do mandatário alvinegro. Questionado sobre o motivo do encontro, Modesto limitou-se a dizer que é um amigo de Fábio e que ambos apenas "bateram papo".

O ex-goleiro é responsável por representar o escritório da empresa Think Ball na Baixada Santista. Dentre os atletas do Peixe agenciados pelo grupo estão os jovens Diego Cardoso e Lucas Crispin.

Fábio teve contrato com o Peixe até o fim de 2013, mas vinha treinando separado dos demais atletas. Em 2010, quando Luis Alvaro Ribeiro assumiu a presidência santista, ele foi afastado do grupo e emprestado ao Atlético-MG. Depois foi cedido também ao São Caetano, mas pouco atuou, retornando por fim à Vila Belmiro.

Camisa 1 na conquista do Brasileirão de 2002, que pôs fim a um jejum de 18 anos do Santos sem títulos, Fábio Costa defendeu a meta alvinegra de 2000 a 2003, retornando em 2006, após jogar no rival Corinthians. Ele conquistou ainda os Paulistas daquele ano e do ano seguinte.