icons.title signature.placeholder Marcio Porto
05/06/2014
10:09

Na contramão da busca por reforços, o Palmeiras corre o risco de perder um de seus principais jogadores, o meia Valdivia. Membro da seleção chilena na Copa do Mundo, o jogador firmou acordo com o empresário Wagner Ribeiro antes de apresentar-se à equipe nacional. Para o agente do Mago, que deseja voltar à Europa, o Chile deve ser muito “monitorado” no Mundial.

– O que posso dizer é que haverá muitos scouts e clubes observando o Chile na Copa. Daí você é inteligente e pode concluir – disse Ribeiro, ao ser perguntado sobre o meia.

Ribeiro já tinha dito que “muitos” europeus desejavam Valdivia. O futebol italiano é forte candidato a levá-lo quando a janela internacional reabrir, em 14 de julho. Com vínculo até agosto de 2015, ele pode assinar pré-contrato a partir de janeiro. Por isso, a diretoria julga estar diante da última chance de recuperar parte do investimento feito em 2010 no caro armador.

O valor total da transação superou os R$ 36 milhões e ainda não foi quitado pelo clube alviverde.