icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci e Luiz Gustavo Moreira
25/04/2014
18:38

Próximo de completar 35 anos de idade, o volante Renato, do Botafogo, começa a pensar em sua aposentadoria. E, ciente de que não deve ter seu contrato renovado com o clube carioca, ele sonha em voltar ao Santos e encerrar sua carreira na Vila Belmiro.

Ao LANCE!Net, Cláudio Guadagno, agente do jogador, afirmou que "não sente interesse" de Renato e do Botafogo em estender o vínculo, que acaba em 30 de junho deste ano. Segundo o empresário, o volante, que defendeu o Peixe entre 2000 e 2004, respeita a atual equipe, mas planeja retornar ao Alvinegro Praiano.

- A vontade do Renato é ir para o Santos ao final do contrato, ele aceitaria baixar o salário ou receber produtividade para jogar no Santos. É claro isso e já faz tempo - afirmou.

Segundo o Globoesporte.com, o superintendente de esportes do Santos, André Zanotta, sondou o atleta e agora irá procurar o Botafogo.

Guadagno, por sua vez, torce por um contato da diretoria do Peixe, mas diz que não há nenhuma negociação em andamento.

- Tomara que o André ou o Zinho me liguem daqui a meia hora. Mas não falo com o Santos faz tempo. Não tem nada certo. Eles me perguntaram do Renato no começo do ano, quando falamos da renovação do Geuvânio - disse o empresário, que também cuida do atacante santista.

O volante perdeu espaço no Bota e nem sequer vinha sendo relacionado até a chegada de Vagner Mancini. Agora, ele tem treinado entre os reservas. Nos bastidores, a diretoria botafoguense admite que a permanência do veterano não está nos planos do clube.

Renato tem boa relação com o técnico santista Oswaldo de Oliveira, com quem trabalhou até o fim do ano passado. O atual comandante do Peixe costumava fazer muitos elogios ao jogador.

Atualmente o Santos tem diversas opções para a posição de volantes Alan Santos, Alison, Anderson Carvalho, Arouca, Cícero, Leandrinho e Lucas Otávio.