icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/06/2014
13:31

O Uruguai não irá deixar seu principal jogador deixar a Copa do Mundo sem luta. Jorge Barrera, advogado da AUF (Associação Uruguaia de Futebol), confirmou ao jornal local "El País" que a entidade irá apelar da suspensão de nove jogos imposta a Luis Suárez, que tira o principal jogador da Celeste do atual Mundial.

De acordo com a publicação, Suárez foi proibido pela Fifa de até entrar no local de treinamento com os demais uruguaios, já que ele deve ficar afastado de qualquer atividade relacionada ao futebol, de acordo com a resolução da entidade.

Segundo isso, aliás, Suárez terá 21 dias para apelar e precisará pagar uma multa de 100 mil francos suíços (R$ 247 mil). Não há efeito suspensivo, e ele também não poderá ver os jogos restantes do Uruguai no Mundial.