icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2014
00:48

Deu certo, mas, inevitavelmente, chamou atenção a substituição feita pelo técnico Adilson Batista ainda aos 23 minutos do primeiro tempo da partida desta terça-feira, contra o Santa Cruz. Ele tirou o lateral-direito André Rocha e colocou Carlos César, da mesma posição, e fechou a "avenida" por onde passeava o lateral-esquerdo Renatinho.

- Eu não posso ficar esperando muito, expliquei isso a ele quando eu o tirei, e ele entendeu. Temos que pensar no coletivo. Às vezes o atleta não gosta. Eu vi o comportamento dele, estava chateado com ele mesmo. Eu vi espaço naquele setor, eles também trocaram a posição do Carlos Alberto e o André teve dificuldades. O Carlos entrou bem e foi muito importante para a gente - ressaltou.

André Rocha vem sendo titular quase sempre da equipe. Porém, com a desastrosa atuação nesta terça-feira, aliada à excelente participação do seu substituto - defensiva e ofensivamente, pois sofreu o pênalti convertido por Kléber -, sua vaga entre os onze titulares fica em dúvida.

Quem também foi bem e dá segurança ao treinador é Douglas Silva, que deverá substituir Rodrigo também no sábado. O titular tem uma inflamação no joelho direito, e o camisa 35, contra o Santa Cruz, fez boas intervenções, além do gol da virada.