icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2013
17:19

O promotor Paulo José Sally, da 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor do Ministério Público do Estado Rio de Janeiro (MPRJ), abriu inquérito para investigar o preço abusivo dos ingressos para a final da Copa do Brasil.

Ainda nesta terça-feira, Paulo Sally vai encaminhar um ofício ao Consórcio do Maracanã e ao Flamengo para que prestem informações, em um prazo de até 48 horas, sobre o aumento e para ajustar o preço nos termos do Código de Defesa do Consumidor. O aumento representa cerca de 150% a 500% a mais do que o praticado no último jogo, o que seria considerado abusivo.

As entradas para o jogo final da Copa do Brasil, no dia 27, contra o Atlético-PR variam de R$ 250 a R$ 800.