icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/02/2015
19:03

Jogando em casa, o São Bento não tomou conhecimento do Marília e construiu o placar de 3 a 0 sem grande esforço. Os gols de Nilson, Renan Mota e Eder Correia mantiveram o Bentão na liderança do Grupo 2. Com três derrotas em três jogos até aqui, o Marília ainda não pontuou no Paulistão. Nervoso em campo, o MAC teve Alex Bruno e o treinador Luis dos Reis expulsos da partida pelo árbitro Philippe Lombard.

Depois de fazer dois gols com menos de 15 minutos da primeira etapa, o time da casa apenas administrou o resultado. Sem forças para reagir, o MAC pouco fez para voltar ao jogo. Após a expulsão do zagueiro Alex Bruno, que recebeu o segundo cartão amarelo, o caminho para a vitória do Bentão ficou ainda mais livre. Eder Correia fez o terceiro gol e deu números finais à partida.

Na próxima rodada, o Marília segue fora de casa e vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta, quinta-feira, às 21h no Moisés Lucarelli. Já o São Bento, mede forças contra o Botafogo-SP, na quarta-feira, às 19h30, em Ribeirão Preto.

São Bernardo sofre empate nos acréscimos

Jogando em casa, no Estádio 1º de Maio, o São Bernardo tropeçou contra o Capivariano e empatou pela primeira vez no Paulistão. Desde o começo do duelo a equipe dominou o adversário, mas perdia muitas chances de gols.

Na primeira etapa o goleiro Douglas salvou o time de Capivari em três oportunidades. No segundo tempo não teve jeito. Aos 21 minutos Magalaproveitou boa jogada do ataque e inaugurou o marcador.

Mas o Capivari ainda tinha forças para reagir, e o gol de empate saiu quando muitos já dariam a derrota como certa. Aos 48 minutos, Franci recebe cruzamento de Fernando Lombardi e chuta cruzado para marcar o primeiro ponto da equipe de Capivari no estadual.

Na próxima terça o Bernô encara o Penapolense, em Penápolis, às 19h30. No mesmo dia e horário, o Capivariano joga contra o Mogi Mirim, na Arena Capivari.

Penapolense e Ituano fazem partida sem gols

Em partida realizada no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis, Penapolense e Ituano não saíram do zero. Faltaram oportunidades no primeiro tempo da partida e os goleiros não tiveram trabalho.

Na etapa final foi diferente. O jogo ganhou emoção e os dois lados tiveram chances de abrir o placar, mas não o fizeram. Já no fim do jogo o Ituano pressionou, primeiro com um gol perdido de forma inacreditável por Ronaldo, que livre de dentro da área isolou. Depois aos 45 o lateral Dick chutou forte e Leandro Santos fez uma grande defesa.

O Ituano duela contra o XV de Piracicaba, às 19h30 da próxima quinta-feira no Estádio Barão de Serra Negra.