icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/07/2013
23:32

O atacante Vinícius foi um dos destaques do Palmeiras na goleada por 4 a 1 diante do ABC-RN, nesta sexta-feira, no estádio do Pacaembu, ao balançar as redes de pênalti e com uma assistência para o belo gol de cobertura de Serginho.

Mesmo com os pedidos da torcida para que Valdivia fosse para a cobrança da penalidade máxima, o atacante foi para a batida e anotou o gol. Após o jogo, o camisa 19 do Verdão enalteceu o chileno e diz que o jogador foi importante no tento.

- Pela minha vivência com o Valdivia, eu tenho personalidade, sei que a torcida o ama. Eu olhei para ele, ele deu sinal para eu bater, senão daria a bola para ele bater. É um excelente batedor. Ele me deu a bênção, eu fui feliz e fiz o gol - declarou o atacante.

O atacante fez questão de enaltecer a presença dos mais de 22 mil torcedores do Palmeiras, em uma sexta-feira à noite e também o seu primeiro gol de pênalti na carreira.

- O pensamento é de tranquilidade, quando corri para bola eu estava decidido de bater no canto. Foi só alegria, para os braços da galera - afirmou o camisa 19, que acrescentou a importância de atuar ao lado do Valdivia por conta da inversão de jogada que resultou no gol de Serginho.

- Isso que dá trabalhar com o Valdivia! Você vai aprendendo, aperfeiçoando a cada dia. Se fosse tempo atrás eu não teria a tranquilidade de olhar, passar, já iria querer lançar de esquerda, de qualquer jeito. Isso é a minha evolução. Essa tranquilidade - completou.

Verdão goleia o ABC-RN no reencontro com o Pacaembu


O atacante Vinícius foi um dos destaques do Palmeiras na goleada por 4 a 1 diante do ABC-RN, nesta sexta-feira, no estádio do Pacaembu, ao balançar as redes de pênalti e com uma assistência para o belo gol de cobertura de Serginho.

Mesmo com os pedidos da torcida para que Valdivia fosse para a cobrança da penalidade máxima, o atacante foi para a batida e anotou o gol. Após o jogo, o camisa 19 do Verdão enalteceu o chileno e diz que o jogador foi importante no tento.

- Pela minha vivência com o Valdivia, eu tenho personalidade, sei que a torcida o ama. Eu olhei para ele, ele deu sinal para eu bater, senão daria a bola para ele bater. É um excelente batedor. Ele me deu a bênção, eu fui feliz e fiz o gol - declarou o atacante.

O atacante fez questão de enaltecer a presença dos mais de 22 mil torcedores do Palmeiras, em uma sexta-feira à noite e também o seu primeiro gol de pênalti na carreira.

- O pensamento é de tranquilidade, quando corri para bola eu estava decidido de bater no canto. Foi só alegria, para os braços da galera - afirmou o camisa 19, que acrescentou a importância de atuar ao lado do Valdivia por conta da inversão de jogada que resultou no gol de Serginho.

- Isso que dá trabalhar com o Valdivia! Você vai aprendendo, aperfeiçoando a cada dia. Se fosse tempo atrás eu não teria a tranquilidade de olhar, passar, já iria querer lançar de esquerda, de qualquer jeito. Isso é a minha evolução. Essa tranquilidade - completou.

Verdão goleia o ABC-RN no reencontro com o Pacaembu