icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2013
23:18

Um dia após a derrota para o Vasco, no clássico que marcou a reabertura para os clubes do Maracanã, o técnico Abel Braga exaltou o artilheiro Fred, que foi expulso aos 24 minutos do primeiro tempo. O treinador revelou que o camisa 9 recebeu uma proposta que foi "coisa de louco", mas que o jogador quer terminar a carreira no Fluminense.

- Depois da Copa das Confederações, ele teve uma proposta aí que foi coisa de louco. Mas ele nem quis ouvir, disse que quer terminar a carreira no Fluminense - contou nesta segunda-feira Abel no programa "Bem, Amigos", do SporTV.

E MAIS:
> Abel manda recado para torcida tricolor: 'Vamos sair dessa situação'
> Fluminense assinará acordo de sustentabilidade nesta terça-feira
> Fred e Jomar devem ser denunciados esta semana, diz procurador do STJD

O treinador também falou bem da liderança de Fred junto ao grupo de jogadores do Tricolor. Além do artilheiro, Abelão elogiou a postura de Deco na temporada e mostrou que os dois jogadores fazem a diferença para que o ambiente do Fluminense seja tão bom.

- Nesse momento, esse ambiente que nós temos e tem feito a diferença, dois jogadores são essenciais. Principalmente o Fred, hoje ele tem noção do ídolo que ele é. É um ídolo nacional. O outro é o Deco, ele soube entender a minha posição quando eu o tirei da equipe. A aceitação dele, da razão, da verdade de ele estar jogando ou não, teve uma influência muito positiva para todo o grupo - elogiou.

Por fim, o comandante contou uma conversa que teve antes do jogador se apresentar a Seleção Brasileira para a disputa da Copa das Confederações. Segundo o técnico, Fred entendeu o que é o papel de ídolo e o que ele representa:

- Falei que mesmo com tudo conquistado, ele agora é um ídolo tricolor. Aconselhei, falei para se cuidar mais, cuidar da sua imagem, ele foi lá e foi muito bem na Copa das Confederações. Ele vê o Assis sempre aqui, os ídolos do Fluminense, eles estão sempre lá, hoje ele é está no mesmo patamar desses jogadores.

Um dia após a derrota para o Vasco, no clássico que marcou a reabertura para os clubes do Maracanã, o técnico Abel Braga exaltou o artilheiro Fred, que foi expulso aos 24 minutos do primeiro tempo. O treinador revelou que o camisa 9 recebeu uma proposta que foi "coisa de louco", mas que o jogador quer terminar a carreira no Fluminense.

- Depois da Copa das Confederações, ele teve uma proposta aí que foi coisa de louco. Mas ele nem quis ouvir, disse que quer terminar a carreira no Fluminense - contou nesta segunda-feira Abel no programa "Bem, Amigos", do SporTV.

E MAIS:
> Abel manda recado para torcida tricolor: 'Vamos sair dessa situação'
> Fluminense assinará acordo de sustentabilidade nesta terça-feira
> Fred e Jomar devem ser denunciados esta semana, diz procurador do STJD

O treinador também falou bem da liderança de Fred junto ao grupo de jogadores do Tricolor. Além do artilheiro, Abelão elogiou a postura de Deco na temporada e mostrou que os dois jogadores fazem a diferença para que o ambiente do Fluminense seja tão bom.

- Nesse momento, esse ambiente que nós temos e tem feito a diferença, dois jogadores são essenciais. Principalmente o Fred, hoje ele tem noção do ídolo que ele é. É um ídolo nacional. O outro é o Deco, ele soube entender a minha posição quando eu o tirei da equipe. A aceitação dele, da razão, da verdade de ele estar jogando ou não, teve uma influência muito positiva para todo o grupo - elogiou.

Por fim, o comandante contou uma conversa que teve antes do jogador se apresentar a Seleção Brasileira para a disputa da Copa das Confederações. Segundo o técnico, Fred entendeu o que é o papel de ídolo e o que ele representa:

- Falei que mesmo com tudo conquistado, ele agora é um ídolo tricolor. Aconselhei, falei para se cuidar mais, cuidar da sua imagem, ele foi lá e foi muito bem na Copa das Confederações. Ele vê o Assis sempre aqui, os ídolos do Fluminense, eles estão sempre lá, hoje ele é está no mesmo patamar desses jogadores.