icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
13:16

O Internacional vencia o Botafogo por dois gols de diferença, mas cedeu o empate e perdeu os 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro. Teria o técnico Abel Braga ficado insatisfeito com o desempenho dos seus comandados no último domingo? Nada disso. O treinador colorado só não aprovou a maneira como o Inter desperdiçou dois pontos no Maracanã. A atuação do time foi elogiada.

Em um primeiro momento, o treinador destacou o fato de o Inter ter tido um cenário positivo para concretizar a vitória no segundo tempo do duelo, o que não aconteceu. Como não aproveitou as oportunidades, o Botafogo buscou a igualdade. Não aproveitar chances e ser penalizado é algo comum em competições como o Brasileirão, na visão de Abel.

– Não gostamos da maneira como sofremos os gols. O problema maior foi o primeiro tempo. A movimentação do Botafogo nos confundiu muito. Nós acertamos e, quando eles vieram no segundo tempo com duas linhas de quatro, o jogo ficou muito bom. Estivemos mais perto de matar o jogo, marcando o terceiro do que sofrer o primeiro. Em um jogada em que não diminuímos o cruzamento, houve falha e sofremos o primeiro gol, o que incendiou (o jogo). Nosso primeiro tempo foi inteligente, obrigamos o Botafogo e errar e conseguimos fazer o gol. Era tudo que a gente queria. Já no segundo, o jogo ficou previsível, mas não aproveitamos. Isso é o Brasileiro. Quando você dá uma chance, normalmente não tem desperdício – destacou o técnico, em entrevista coletiva.

Na sequência, Abelão voltou a garantir que só não ficou satisfeito pela maneira como o Inter cedeu o empate no Maracanã.

– Com o resultado não saio chateado por ser estar ganhando de 2 a 0 é claro que não gostaria que ocorresse (o empate), mas foi diante de uma grande equipe que jogou em casa. Só a frustração pelo empate, não pela atuação e, principalmente pela forma inteligente e por aquilo que combinamos no primeiro tempo – destacou o treinador.