icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
08/07/2013
08:04

Expressão séria, tristeza e cansaço aparente. A imagem de Abel Braga após a derrota do Fluminense por 1 a 0, no Clássico Vovô, mostrava a contradição interna do treinador pelo resultado. Em mais uma partida válida pela atual edição do Campeonato Brasileiro, o Tricolor criou diversas chances, falhou nas finalizações e saiu do gramado com um resultado negativo.

- Particularmente, acho que não merecíamos perder pelas chances que criamos, mas agora é trabalhar, levantar a cabeça e seguir em frente porque no próximo sábado tem jogo. - afirmou Abel.

Apesar de elogiar a Itaipava Arena Pernambuco, Abelão lamentou o cansaço provocado pela ausência de um local no Rio de Janeiro para o clube mandar as partidas.

- Acaba que você não joga em casa. Toda semana tem um desgaste por causa da logística, viagens. Semana que vem contra o Inter, em Macaé, enfrentaremos o mesmo tipo de problema. Ao menos agora o Maracanã voltará a estar disponível. Mas é preciso dizer que esse estádio que jogamos hoje em Pernambuco é fantástico, tem ótima infraestrutura, faltou nada para os times.

O Fluminense desembarca no Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira e recebe folga, se reapresentando na próxima terça-feira. A equipe volta a campo agora no próximo sábado, quando encara o Internacional, no Moacyrzão, em Macaé, às 18h30, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Expressão séria, tristeza e cansaço aparente. A imagem de Abel Braga após a derrota do Fluminense por 1 a 0, no Clássico Vovô, mostrava a contradição interna do treinador pelo resultado. Em mais uma partida válida pela atual edição do Campeonato Brasileiro, o Tricolor criou diversas chances, falhou nas finalizações e saiu do gramado com um resultado negativo.

- Particularmente, acho que não merecíamos perder pelas chances que criamos, mas agora é trabalhar, levantar a cabeça e seguir em frente porque no próximo sábado tem jogo. - afirmou Abel.

Apesar de elogiar a Itaipava Arena Pernambuco, Abelão lamentou o cansaço provocado pela ausência de um local no Rio de Janeiro para o clube mandar as partidas.

- Acaba que você não joga em casa. Toda semana tem um desgaste por causa da logística, viagens. Semana que vem contra o Inter, em Macaé, enfrentaremos o mesmo tipo de problema. Ao menos agora o Maracanã voltará a estar disponível. Mas é preciso dizer que esse estádio que jogamos hoje em Pernambuco é fantástico, tem ótima infraestrutura, faltou nada para os times.

O Fluminense desembarca no Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira e recebe folga, se reapresentando na próxima terça-feira. A equipe volta a campo agora no próximo sábado, quando encara o Internacional, no Moacyrzão, em Macaé, às 18h30, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.