Alexander Zverev celebra vitória em Halle

Alexander Zverev- Divulgação Gerry Weber Halle

Tênis News
18/06/2016
11:35
Halle (Alemanha)

O jovem alemão Alexander Zverev, 38º do ranking da ATP, conquistou a maior vitória de sua carreira ao superar o suíço Roger Federer, terceiro, na semifinal do ATP 500 de Halle, na Alemanha. Federer foi o primeiro top 10 batido por Zverev.

Zverev precisou de 2h06 para fechar o placar em 7/6 (4) 5/7 6/3 tendo convertido oito aces contra sete de Federer, que venceu 79% dos pontos jogados em seu primeiro serviço contra os mesmos 79% de aproveitamento do alemão, que disparou 36 bolas vencedoras contra 30 do suíço, que cometeu 31 erros não forçados contra 28 do alemão.

Esta foi a primeira vitória de Zverev sobre um tenista top 10. Aos 19 anos, Zverev é também o primeiro 'adolescente' a vencer Federer em 10 anos. O último a conquistar este feito foi Andy Murray, também aos 19 anos, na chave do Masters de Cincinnati, nos Estados Unidos em 2006.

Federer foi finalista nas últimas seis edições do ATP 500 de Halle, e desde a edição 2003, tirando 2007 e 2009 que ele não jogou a competição, chegou em todas as finais e perdeu apenas 2011 (Lleyton Hewitt) e 2012 (Tommy Haas). A única vez que Federer havia sido derrotado na semifinal em Halle foi em 2002, quando caiu também para um alemão, Nicolas Klefer, também em três sets.

Jogando sua primeira final de ATP 500 na carreira, a segunda de torneio ATP, Zverev aguarda pelo vencedor da partida entre seu compatriota Florin Mayer e o austríaco Dominic Thiem, contra quem pode repetir a final do ATP de Nice, este ano, até então sua única final ATP da carreira.

O jogo

O primeiro set foi uma disputa de mais de 40 minutos, com os dois tenistas sacando muito bem e não se deixando ser ameaçados. Apesar de Federer ter perdido mais pontos em seus games de saque que o rival, nenhum dos tenistas enfrentou breakpoints e o curso natural de disputa tão equilibrada, foi o tiebreak, onde o saque de Zverev, que estava mais efetivo fez a diferença.

Na segunda etapa o jogo seguiu os moldes do primeiro com os dois atletas sacando firme e buscando definir rapidamente. Incentivado pela torcida local, Zverev chegou ao primeiro breakpoint da partida no sétimo game, mas viu o suíço salvá-lo com ace. No game seguinte, o alemão precisou de sangue frio para salvar dois breakpoints, mas vacilu no décimo primeiro game e acabou quebrado e viu Federer sacar para o set e forçar a terceira etapa.

Ali, Zverev começou em maus lençóis, precisando salvar breakpoints já no primeiro game, novamente no terceiro game e seguiu sendo pressionado, até que no sexto game, forçou a devolução e chamou Federer para longa troca de bolas e conquistou a quebra, abriu 5/2 no placar e administrou.