Pedro Boscardin (à dir.) de laranja e João Loureiro (à esq.) de amarelo

Pedro Boscardin (à dir.) e João Loureiro (à esq.) em Tandil

TÊNIS NEWS
07/06/2016
09:48
Tandil (Argentina)

Pedro Boscardin Dias, natural de Joinville (SC), e João Vitor Loureiro, de Belo Horizonte (MG), os dois atletas da RS Tennis, de Joinville (SC), viveram uma semana com grande experiência na academia Tandil Tennis, na cidade de Tandil, na Argentina, e retornaram neste domingo.

Os dois atletas trocaram experiências e treinaram numa das mais importantes academias do tênis argentino e mundial, seleiro de craques como Juan Martin Del Potro, top 4 do mundo e campeão do US Open em 2009, derrubando Roger Federer na decisão, além dos tenistas Juan Monaco, que foi top 10, e Mariano Zabaleta, ex-21º do ranking.

Pedro e Loureiro, de 13 anos, foram finalistas do Mundial por equipes nos 12 anos defendendo o Brasil em Quebec, no Canadá, ano passado, e fazem o ano de estreia na categoria 14 anos. Boscardin somou no fim demaio seu primeiro título nacional na etapa de Porto Alegre do Circuito Correios da Confederação Brasileira de Tênis: "Foi muito importante, aprendemos várias coisas, treinamos com outros meninos que estão entre os melhores do continente nos 14 e 16 anos. Vai servir muito pro nosso futuro", disse Pepe.

"O treinamento e essa troca serviu muito de base pros meninos que vão vivenciar alguns dos maiores torneios do mundo na Europa enfrentando os meninos mais fortes. Eles tem grande potencial e estão em fase de desenvolvimento e certamente ganharam maturidade nessa passagem por lá e vão amadurecer mais ainda nos eventos europeus", seguiu o técnico Ricardo Schlachter que os acompanhou na viagem.

Os jovens se preparam agora para três torneios no circuito europeu. Eles embarcam no dia 23 jogam no dia 4 de julho em Paris, na França, o BNP Paribas Cup, que tem final em Roland Garros, palco do Grand Slam no saibro vencido por Novak Djokovic no último domingo e com três títulos para Gustavo Kuerten, e na semana seguinte em Furstenfeld, na Áustria, e na sequência em Kufstein, também em solo austríaco.