icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
27/08/2015
13:47

Em seu primeiro torneio após o título do WTA de Florianópolis (SC), Teliana Pereira, atual 53ª do mundo, conheceu nesta quinta-feira sua adversária de estreia no US Open, Grand Slam que disputa pela segunda vez e que começa na segunda-feira.


A brasileira pega logo uma cabeça de chave, a 13ª favorita, a russa Ekaterina Makarova, que já fez semifinal no evento. A brasileira deu trabalho para Makarova em Roland Garros na segunda rodada este ano, a levando ao terceiro set.

A principal cabeça é a americana Serena Williams que buscará seu 23º título de Grand Slam, quinto Major seguido e a quarta conquista no mesmo ano, um feito inédito para ela.

A americana estreia contra a russa Vitalia Diatchenko, 86ª colocada, e pode reencontrar a suíça Belinda Bencic, campeã de Toronto, no Canadá, e que a eliminou na semi da competição. A jovem suíça de 18 anos, 12ª da WTA, tem a cazaque Sesil Karatantcheva na estreia e enfrentaria a americana nas quartas.

Para a semi, Serena tem potencial encontro com Maria Sharapova. A russa terceira do mundo não joga desde Wimbledon com lesão na perna e pega a compatriota Daria Gavrilova, 37ª, que a surpreendeu este ano em Miami. Maria deu o troco em Roma, na Itália.

Em seu primeiro torneio após o título do WTA de Florianópolis (SC), Teliana Pereira, atual 53ª do mundo, conheceu nesta quinta-feira sua adversária de estreia no US Open, Grand Slam que disputa pela segunda vez e que começa na segunda-feira.


A brasileira pega logo uma cabeça de chave, a 13ª favorita, a russa Ekaterina Makarova, que já fez semifinal no evento. A brasileira deu trabalho para Makarova em Roland Garros na segunda rodada este ano, a levando ao terceiro set.

A principal cabeça é a americana Serena Williams que buscará seu 23º título de Grand Slam, quinto Major seguido e a quarta conquista no mesmo ano, um feito inédito para ela.

A americana estreia contra a russa Vitalia Diatchenko, 86ª colocada, e pode reencontrar a suíça Belinda Bencic, campeã de Toronto, no Canadá, e que a eliminou na semi da competição. A jovem suíça de 18 anos, 12ª da WTA, tem a cazaque Sesil Karatantcheva na estreia e enfrentaria a americana nas quartas.

Para a semi, Serena tem potencial encontro com Maria Sharapova. A russa terceira do mundo não joga desde Wimbledon com lesão na perna e pega a compatriota Daria Gavrilova, 37ª, que a surpreendeu este ano em Miami. Maria deu o troco em Roma, na Itália.