Bruno Soares forma a boa dupla com Marcelo Melo no tênis

(Foto: AFP PHOTO / GREG WOOD)

Tênis News
05/07/2016
12:02
Londres (Inglaterra)

Foi na garra, no sufoco e com mais 12 minutos e com mais quatro games de disputa nesta terça-feira que Bruno Soares e o britânico Jamie Murray garantiram classificação às quartas de final de Wimbledon após batalha de 5h03min na quadra 17.

Os campeões do Australian Open marcaram 6/3 7/6 (7/3) 4/6 4/6 16/14 em duelo que se tornou o 39º da história como o mais longo ao lado do duelo em que o sueco Markus Eriksson derrotou o dinamarquês Andreas Bjerrehus por 6/7(5–7) 6/7 (5–7) 7/6 (7–3) 7/6(7–3) 9/7 na Copa Davis em 2015.

O jogo foi paralisado com 13 a 13 por falta de iluminação natural na segunda-feira e retomado às 9h desta terça. Bruno e Jamie confirmaram dois serviços contra um dos rivais e quebraram forçando erro da dupla do neozelandês Michael Venus e do croata Mate Pavic.

Agora eles enfrentam nesta quarta nas quartas de final os vencedores de Vasek Pospisil/Jack Sock (CAN/EUA), cabeças de chave 8 e campeões de 2014, e a dupla campeã de Roland Garros há dois anos, os franceses Julien Benneteau/Edouard Roger-Vasselin.