Bruno Soares

Bruno Soares acredita que piso rápido da Olimpíada favorece ao seu jogo (Foto: Bernardo Cruz)

Tênis News
16/01/2016
05:03
Sydney (Austrália)

A nova parceria do mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray conquistou seu primeiro troféu ao bater a dupla formada pelo indiano Rohan Bopanna e o romeno Florin Mergea na final do ATP de Sydney, na Austrália. Este foi o segundo torneio que eles disputaram juntos.

Em um jogo que ficou muito dependente da chuva que as vezes insistia em cair em Sydney, Soares/Murray precisou de 1h29 de bola quicando em jogo para fechar a partida em 6/3 7/6 (6) tendo disparado três aces contra quatro dos rivais, quartos favoritos da chave da competição, que venceram 71% dos pontos disputados em seus primeiros serviços contra 75% de aproveitamento da parceria do brasileiro.

Bruno e Jamie começaram a partida em desvantagem, foram quebrados no game de abertura da partida, mas revidaram e devolveram na mesma moeda no game seguinte. A partir daí o jogo ganhou em intensidade e dramaticidade. A quebra veio novamente para a dupla do brasileiro no sexto game e Soares/Murray administraram a vantagem.

Na segunda etapa, já com o tempo mais fechado, as duplas disputaram longos quatro primeiros sets trocando tentativas malsucedidas de quebra. Aí com 2/2 no placar a partida foi interrompida em virtude da chuva e voltou pouco mais de 10 minutos depois. Soares/Murray foram tendo melhor controle do próprio jogo, seguiram sem conquistar a quebra e foram para o tiebreak.

Ali, viram os rivais abrirem 5/2, mas aproveitaram seus saques para aproximar no placar e os momentos de tensão dos adversários para fecharem os et para conquistar novas mini-quebras e definir o título no próprio segundo set.

Este é o 21º títulos de duplas masculinas conquistadas pelo mineiro Bruno Soares, com o quinto parceiro diferente. Murray, por sua vez, chegou a seu 14º troféu nível ATP, com seu sexto parceiro diferente.