Caroline Wozniacki (Foto:Eddie Keogh/Reuters)

Caroline Wozniacki (Foto:Eddie Keogh/Reuters)

TÊNIS NEWS
26/11/2015
16:26
Herning, Dinamarca

A americana número 1 do mundo, Serena Williams, que irá enfrentar a dinamarquesa ex-líder do ranking e atual número 17, Caroline Wozniacki, em Herning, na Dinamarca, deu declarações sobre o que espera do futuro de sua adversária.

Wozniacki terminou o ano de 2015 com o pior ranking de sua carreira desde 2007, tendo sido número 1, durante os anos de 2010 e 2011. Sua única aparição em uma final de Grand Slam, foi no U.S Open de 2014, onde perdeu exatamente para Serena.

“Ela foi número 1 do mundo por mais de um ano, e isso tem de mais colocado em evidência do que o fato de ela ainda não ter ganho um Grand Slam”, declarou Williams.

Nessa temporada, a dinamarquesa foi melhor em torneios menores, em Auckland, chegou na final, Kuala Lumpur, foi campeã, e em Eastbourne e New Haven chegou às semifinais. Já em torneio de maior porte, só chegou à final em Stuttgart, sendo eliminada cedo em todos os outros.

Wozniacki em Grand Slams por exemplo, foi eliminada na segunda rodada no Australian Open, Roland Garros e U.S Open, em Wimbledon, perdeu na quarta rodada para a espanhola Garbine Muguruza.

Mesmo com tais resultados, Williams acredita que ela irá melhorar em 2016: “Caroline é muito jovem, e ela tem muitas chances para fazer de tudo para ganhar não só um, mas muitos Grand Slams. O tênis é um jogo interessante, você vê jogadoras que as vezes jogam extremamente bem e nunca há como saber o que vai acontecer. A Caroline está em um nível onde há ótimas jogadoras, incluindo ela mesma” completou a americana.

Essa foi a primeira vez que Serena falou em entrevista coletiva após sua derrota nas semifinais do U.S Open deste ano.