Bruno Soares e Jamie Murray

Bruno Soares e Jamie Murray no Australian Open. Foto: Divulgação

TÊNIS NEWS
28/01/2016
08:43
Melbourne (Austrália)

Bruno Soares está na final do Australian Open, o primeiro Grand Slam da temporada, em Melbourne. Nesta quinta-feira ele e o novo parceiro, o britânico Jamie Murray, jogaram um tênis perfeito para derrotar os franceses Adrian Mannarino e Lucas Pouille por 6/3 6/1.

Ambos com títulos nas duplas mistas em Grand Slams, eles enfrentam o canadense Daniel Nestor e o tcheco Radek Stepanek pelo trofeu tão sonhado.

"Queremos o título. Nós dois queremos ser campeões. Nós já temos título de dupla mista, sabemos o quanto isso é especial e o que é a dimensão de um título de Grand Slam. É para isso que a gente joga," disse Bruno, que já foi vice-campeão de duplas, em 2013, no US Open, mesmo Grand Slam em que ganhou os dois trofeus de dupla mista, um em 2012 com Ekaterina Makarova e outro em 2014, com Sania Mirza.

Bruno contou que a atuação contra os franceses foi quase perfeita. " Foi um grande jogo. A atuação foi quase que perfeita. Depois do início do jogo mal cometemos erro. Dá uma confiança muito ir pra final jogando assim,"

Mas, para chegar ao trofeu, o brasileiro e o britânico terão que passar pelos experientes Nestor e Stepanek. "Vai vir pedreira pela frente. É final de Grand Slam. Mas jogando bem vamos ter uma boa chance. É continuar o que a gente vem fazendo e tentar repetir isso por mais um jogo."

Soares e Murray começaram a jogar juntos no início do ano. Foram semifinalistas em Doha e campeões em Sydney. Desde então não perdem.

"Formamos essa parceria realmente esperando coisas boas e já estamos tendo uma oportunidade, logo no início do ano de conquistar uma coisa maravilhosa. O que está dando certo é que a gente se completa bem. Temos um estilo de jogo diferente, mas parecido. Meus pontos fortes são diferentes dos dele, mas nós dois gostamos de jogar na rede e de ser agressivos. É isso que está funcionando. Conseguimos clicar muito rápido, o que nem sempre acontece, e desde o início ter um rendimento muito bom."

Mas, antes de voltar à Rod Laver Arena para jogar a decisão de duplas, Bruno ainda tenta uma vaga na final de duplas mistas, ao lado da russa Elena Vesnina, contra os favoritos Sania Mirza e Ivan Dodig.