Nadal

Rafael Nadal (Foto: AFP)

TÊNIS NEWS
09/10/2016
14:13
PEQUIM (CHN)

Campeão de duplas no ATP 500 de Pequim, ao lado do compatriota Pablo Carreno Busta, o espanhol Rafael Nadal concedeu entrevista coletiva aos repórteres antes de voar até Xangai, cidade chinesa que sedia, a partir de amanhã, o Masters 1000 local.

Indagado sobre a ida ao ATP Finals, que ocorre em Londres, em novembro, o ex-número um, que tem folga de 420 pontos sobre Tomas Berdych, primeiro fora dos oito colocados, se mostrou tranquilo, disse não estar tão preocupado assim com a vaga e defendeu que o fim deste ano sirva como preparação para 2017.

“Eu gostaria de estar no Finals, mas não tenho obsessão alguma com isso. Estive em muitas edições e é claro que tentarei me classificar para o torneio, mas, depois da temporada, que tem sido afortunada, levando em conta a lesão, o que acontecer daqui até o fim do ano serve, em parte, também como preparação para o próximo ano”.

O espanhol ainda falou sobre o gosto pela modalidade de duplas e os benefícios que ela traz para a simples, mas tanto ele quanto Carreno confirmaram que seu foco principal é a prova individual. Apesar disso, os dois provaram que dão certos juntos e, segundo Rafa, se complementam.

“Somos uma dupla competitiva, porque nos entendemos bem e temos um jogo mais ou menos similar, e é importante que as partes da dupla conectem bem seus estilos de jogo”.

“Tenho consciência de que, quando o físico me permite, as duplas me ajudam a melhoras outras coisas”.