Rafael Nadal

Divulgação torneio Paris

TÊNIS NEWS
30/10/2017
16:24
Paris (França)

Se a possibilidade era boa de Rafael Nadal terminar o ano como número 1, agora ficou com 99% de chance e o espanhol pode ratificar na quarta-feira contra o sul-coreano Hyeon Chung, 55º colocado, bastando esta vitória para ser coroado o campeão de 2017.

Mas o espanhol não quer pensar muito na possibilidade: "Vaos ver. Preciso vencer um jogo. Mas estou aqui para dar meu melhor como faço em todos os torneios. Claro que se acontecer será algo importante paramim. Mas o ano não estará acabado e não é o momento para pensar muito nisso. Só vou tentar pensar em ter a preparação correta para meu primeiro jogo no torneio", disse o jogador que busca repetir 2008, 2010 e 2013, temporadas em que fechou no primeiro lugar o que o igualaria a Novak Djokovic e Ivan Lendl. Ficaria a uma de Roger Federer que fechou de 2004 até 2007 e 2009 como primeiro. Roger está empatado com Jimmy Connors e atrás apenas de Pete Sampras com seis títulos entre 1993 até 1998.

Nadal tem um dívida com Paris, fez apenas uma final em 2007 sendo vice-campeão. Ele não jogou na Basileia, na Suíça, para se poupar para os últimos torneios do ano na França e o ATP World Finals, em Londres.

“Precisava descansar em Xangai. Tive várias partidas no ano. Estou aqui para tentar meu melhor e treinar bem todos os dias, stou feliz por estar na cidade mais importante de minha carreira", finalizou o decacampeão de Roland Garros.