Rafael Nadal (Foto:AFP / GLYN KIRK)

Rafael Nadal (Foto:AFP / GLYN KIRK)

TÊNIS NEWS
18/11/2015
14:02
Londres (Inglaterra)

Número cinco do mundo e em sua pior temporada desde 2004, Rafael Nadal emplacou, nesta quarta-feira, sua maior vitória do ano ao superar o segundo do ranking, Andy Murray e ficar muito perto de sua classificação à semi do ATP World Finals.

Quem ganha o ATP Finals ? Nadal ? Djokovic ? Federer ? Ou outro ? Fature uma raquete Babolat Pure Strike 98!

Com uma grande atuação, o espanhol precisou de 1h32min para marcar 6/4 6/1 diante do tenista que o havia batido facilmente na final de Madri, na Espanha, este ano.

Esta é sua 60ª vitória em 79 jogos no ano e a sua maior já que havia superado apenas Stan Wawrinka (4º) duas vezes em Xangai e esta semana.

Com a vitória, Nadal pula na frente com dois triunfos e nenhum set perdido. Ele pode garantir sua vaga esta noite se Stan Wawrinka vencer David Ferrer ou ao menos tirar um set do espanhol. Caso Ferrer vença em dois sets, Nadal ainda não se garante por ter chances numa derrota de dois sets para Ferrer e vitória de Murray em dois sets diante de Wawrinka de perder a vaga na média de games.

A vitória representa o adiamento de Murray em finalizar a temporada 2015 na vice-liderança. Ele ainda depende de si, uma vitória contra Ferrer, para tal.

O jogo
Um primeiro set bem disputado em 57 minutos. Nadal começou jogando sem o primeiro saque, foi pressionado e perdeu o saque. Mas o espanhol tratou de recuperar rápido e virou para 2/1. Rafa foi tendo breaks, desperdiçou três, depois mais dois e no décimo game jogou agressivo na devolução e com lindo voleio fechou a parcial por 6/4 com quebra.

Nadal começou embalado o segundo set enquanto que Murray cometeu duas duplas-faltas e foi quebrado logo no segundo game. Nadal abriu 3/0 e com confiança comandou o placar para quebrar de novo com erro do escocês e definir com belo winner de forehand cruzado, no contra-pé por 6/1.

Murray terminou o jogo com 25 erros não-forçados. Nadal acertou 12 winners e errou menos da metade do oponente, 12.