Andy Murray

Andy Murray. Crédito: André Valle

TÊNIS NEWS
27/03/2016
11:36
Miami (EUA)

Andy Murray, número dois do mundo, recebeu bola do torneio feminino da WTA, que tem peso diferente, e reclamou com o árbitro Mohamed Lahyani após confirmar seu serviço em jogo onde derrotou Denis Istomin na noite deste sábado.

“É inaceitável receber uma bola destas. É uma bola do torneio feminino. Percebi quando me preparava para sacar. Bati duas bolas muito longas e não sei se foi uma destas. As bolas do feminino são muito diferentes das nossas, são menores e mais rápidas”, reclamou Murray que continuou em coletiva de imprensa.

“Quando você está prestes a sacar em um break-point não quer ter uma bola completamente diferente e isso me deixou porque não sabia se já tinha utilizado uma num dos pontos anteriores.”

As bolas masculinas são da marca Penn pretas, mas recebeu a bola Penn na cor vermelha que é destinado para os jogos das mulheres.

Lahyani respondeu que era impossível perceber-se da diferença desde sua cadeira e Murray, reclamando, pediu para que o sueco explicasse ao público o que ocorria.