Andy Murray (Foto AFP)

Andy Murray (Foto AFP)

Tênis News
25/01/2016
09:47
Melbourne (Austrália)

Segundo favorito ao título do Australian Open, Andy Murray frustrou a torcida local ao bater Bernard Tomic, 17º do ranking da ATP, e se garantir pela sétima vez consecutiva nas quartas de final do torneio. Murray encara Ferrer em busca da semifinal.

Murray precisou de 2h29 para fechar a partida em 6/4 6/4 7/6 (4) tendo disparado 18 aces contra dez de Tomic, que cometeu 56 erros não-forçados contra 22 do escocês, que bateu 43 bolas vencedoras contra 33 de Tomic.
Pela sétima vez consecutiva garantido nas quartas de final do Australian Open, Murray encara o espanhol David Ferrer, a quem já enfrentou 18 vezes no circuito profissional e venceu 12 vezes. Os dois tenistas já se enfrentaram uma vez na Austrália, pelas semifinais em 2011 e a vitória foi do escocês.
O jogo
O primeiro set começou com Murray muito bem na devolução, abrindo a partida com uma quebra e fazendo 2/0 no placar. Sem desistir, Tomic devolveu a quebra de saque no quarto game e igualou o placar. Daí em diante, o escocês foi sólido, enquanto o australiano, mesmo com apoio da torcida, cometeu erros bobos, e foi quebrado em duas oportunidades. Murray abriu 5/2 no placar, mas após game longo e quatro breakpoints salvos, teve o serviço rompido por Tomic que se animou, encostou no placar, mas ficou nisto mesmo.
Na segunda parcial, Tomic abriu novamente tendo seu serviço quebrado, mas não se intimidou e devolveu a quebra na sequência. O jogo seguiu e Murray conquistou nova quebra de saque, de zero, no terceiro game e abriu 3/1 no placar. Tomic seguiu tentando pressionar sem muito sucesso e o escocês administrou a vantagem.

O australiano abriu o terceiro set finalmente confirmando game de saque, mas foi pressionado no terceiro game e quebrado. Nervoso e irritado com os próprios erros, Murray conversou muito com seus fantasmas e viu o rival devolver a quebra de saque. O set seguiu com o escocês cada vez mais irritado e o australiano acreditando. Com equilíbrio, a parcial foi para o tiebreak, onde Tomic cometeu erros bobos e acabou derrotado.