Lleyton Hewitt se despede do público após fazer seu último jogo da carreira, no Aberto da Austrália

(Foto: AFP / PAUL CROCK)

TÊNIS NEWS
06/04/2017
12:16
Brisbane, Austrália

O capitão da equipe australiana da Copa Davis e ex-número 1 do mundo, Lleyton Hewitt, deu sua primeira entrevista após o sorteio do duelo contra os Estados Unidos, onde comentou sobre o sacrifício que envolve a competição.

O capitão também falou sobre a ausência de Bernard Tomic, que causou estranheza no capitão americano, Jim Courier, já que o tenista causou muitos problemas aos americanos contra os australianos em 2016. A razão pela ausência, no entanto, não foi totalmente esclarecida por Hewitt: “Tomic precisa dar ao tênis a atenção que ele merece”.

O ex-número 1 do mundo australiano ainda comentou sobre o sacrifício exigido pela Copa Davis. “A pressão na Davis é completamente diferente. Enquanto alguns crescem, outros desabam. Sinto uma verdadeira conexão entre minha equipe e tudo que nos rodeia. Todos eles valorizam demais a competição e o fato de jogar pelas cores do nosso país”.