Gustavo Kuerten

Gustavo Kuerten, o Guga (FOTO: Bruno Lorenzo)

TÊNIS NEWS
10/04/2016
16:54
FLORIANÓPOLIS (SC)

Maior jogador de tênis brasileiro de todos os tempos e ídolo nacional, o catarinense Gustavo Kuerten, o Guga, opinou acerca da questão que levanta mais dúvidas, neste momento, no circuito profissional da ATP: quem pode parar Djokovic?
“O Novak joga a um nível acima dos demais e o único que pode lhe levar dificuldades ainda é Federer. Há torneios em que o Djokovic nem joga bem e ganha da mesma forma, como no último US Open, e isso é o que deve assustar mais os seus rivais”, afirmou o tricampeão de Roland Garros.
Kuerten explica por que Federer é quem tem mais chances quando enfrenta Nole. “[Ele] É um dos melhores da história e está sempre se reinventando. É incrível como jogamos na mesma época [Nota da Redação: Guga e Federer se enfrentaram três vezes no circuito da ATP, com vantagem de 2x1 para o brasileiro] e ele parece estar cada vez melhor. É uma pessoa incrível e isso também ajuda a que tenha construído o legado que tem e que mantenha o carisma e o carinho das pessoas”.
Guga também não descarta Rafael Nadal, no entanto. “Há que esperar tudo de alguém como ele. Em 2013, veio de lesão grave e voltou a ganhar tudo e a ser número um quando já ninguém esperava. O principal problema no caso do Rafa é a falta de confiança, eu acho”, finalizou o ex número um e único tenista na história a bater os lendários Pete Sampras e Andre Agassi num mesmo torneio – a Masters Cup, atual ATP Finals, de Lisboa, em 2000, competição que marcou sua ascendência, após o título, ao posto mais alto do ranking.