Pablo Carreño Busta contra Roberto Carballes Baena no Brasil Open 2016

FOTO: Leonardo Martins/DGW Comunicação

Tênis News
22/10/2016
15:15
Moscou (Rússia)

O italiano Fabio Fognini, 50º do ranking da ATP, vingou o brasileiro Thomaz Bellucci, eliminou o alemão Philipp Kohlschreiber, 32º, e se garantiu na grande final do ATP de Moscou, na Rússia, onde aguarda pelo definição de adversário.

Jogando de maneira sólida do fundo de quadra e variando jogadas, Fognini precisou de 1h15 para fechar o placar contra o alemão em 6/1 7/6 (2) tendo convertido quatro aces contra seis do alemão que venceu 60% dos pontos jogados em seu primeiro serviço contra aproveitamento de 77% do italiano.

Fognini começou o jogo jogando sólido na devolução, pressionou o alemão já no primeiro game, que resistiu. Buscando trabalhar com forehand na cruzada e entrando em quadra para confirmar a quebra no terceiro game e seguir assim com mais três games e nenhuma ameaça para fechar o primeiro set.
Na parcial seguinte, Fognini abriu 4/2 com quebra de saque, mas viu o alemão devolver no sétimo game e passar a pressionar. O jogo seguiu mais duro que no set anterior e foi para o tiebreak, onde Fognini foi mais sólido e menos errático.

Buscando seu segundo título na temporada, ele foi campeão Umag, na Croácia, Fognini chega à segunda final do ano. Seu adversário será o espanhol Pablo Carreño Busta, 36º, que venceu o francês Stephane Robert, 52º, por 6/3 7/6 (2).

Fognini e o pupilo de Samuel López se enfrentaram uma vez no circuito profissional com vitória do espanhol no saibro em Oieras 2013,

Campeão em Winston-Salem, Carreño Busta também busca seu segundo título na temporada, mas fez outras finais sendo elas: São Paulo (Brasil Open) e em Estoril, Portugal.