Teliana Pereira devolve bola em partida contra Andrea Petkovic (Foto: AFP)

Teliana Pereira devolve bola em partida contra Andrea Petkovic (Foto: AFP)

TÊNIS NEWS
05/01/2016
15:59
São Paulo (SP)

O Brasil terá novidades para a disputa do Zonal Americano I da Fed Cup, que será entre os dias 3 e 6 de fevereiro no Country Club Las Palmas, na cidade de Santa Cruz, na Bolívia.

O gaúcho Fernando Roese, de 50 anos, é o novo capitão brasileiro e vai comandar a equipe formada pelas tenistas Teliana Pereira, Gabriela Cé, Beatriz Haddad Maia e Paula Gonçalves.

Roese substitui a paulista Carla Tiene, que realizou um ótimo trabalho à frente da equipe entre 2013 e 2015, com a ida ao Playoff do Grupo Mundial II em 2014, além da chegada às finais do Zonal Americano I em 2013 e 2014.

Projetando novamente a ida ao Playoff do Grupo Mundial, a CBT decidiu iniciar um novo ciclo na equipe e agradece Carla Tiene pelos serviços prestados, além de desejar boa sorte na sequência de sua carreira como treinadora.

Além da grande carreira que teve como tenista profissional, Fernando Roese já vem trabalhando nos últimos anos com o tênis feminino, acompanhando a tenista Gabriela Cé. Em 2015, também viajou com as atletas Paula Gonçalves e Beatriz Haddad Maia em alguns torneios, inclusive no WTA de Bogotá, quando Bia e Paula foram campeãs de duplas e Teliana Pereira em simples.

Técnico de Teliana Pereira, Renato Pereira segue no Time Correios Brasil como auxiliar técnico. Com isso, o Brasil tem uma comissão técnica encabeçada por profissionais que estão na elite feminina nos torneios WTA e também nos eventos intermediário (ITF), de onde vem as adversárias do Brasil no Zonal Americano.

“Primeiro fico muito contente pelo convite da CBT para treinador da Fed Cup. Para mim, teoricamente, é muito fácil também de estar como capitão porque hoje tenho viajado o circuito feminino, conheço todas elas muito, conversei com elas sobre isso também, já é uma facilidade conhecer bem as meninas. Espero poder ajudar, fazer com que elas façam uma boa campanha não só na Fed Cup como durante todo o ano também já que acho que nos últimos dois anos o tênis feminino deu uma boa levantada aí com os resultados da Teliana, a Bia e a Paula ganhando torneio de WTA, a Gabi Cé também ganhou dupla também em um torneio WTA no final do ano passado. Então é muito legal pegar um tênis feminino nesta ascendência, fico muito contente, pronto e louco para trabalhar com as meninas”, afirma Roese.


O time brasileiro terá como adversárias este ano as equipes de Argentina, Bolívia, Colômbia, Equador, México, Paraguai e Peru, lembrando que apenas o campeão do zonal se garante nos Playoffs do Grupo Mundial II.