icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
30/08/2015
11:19

João Olavo Souza, o Feijão (Taesa/Alabarce/Asics/Wilson), 89º colocado e atleta da Acioly Tennis Team, do Rio de Janeiro, tem estreia marcada para esta segunda-feira no US Open, quarto e último Grand Slam do ano, evento disputado nas quadras duras de Flushing Meadows, em Nova York.

Feijão enfrentará no terceiro jogo da quadra central, o Arthur Ashe Stadium, maior quadra fixa do mundo no tênis, o número 1 do mundo, Novak Djokovic, campeão de 2011. O jogo ocorre por volta das 15h30: "Será uma estreia duríssima, a mais dura que um jogador pode ter nessa chave, mas vou com tudo, dar o meu melhor até a última gota de suor, sem desistir nunca e vou pra cima. Será uma oportunidade única atuar na quadra central e se tem um momento melhor para pegar esses caras nos torneios é logo nas primeiras rodadas", apontou o número dois do Brasil.

 


João Olavo Souza, o Feijão (Taesa/Alabarce/Asics/Wilson), 89º colocado e atleta da Acioly Tennis Team, do Rio de Janeiro, tem estreia marcada para esta segunda-feira no US Open, quarto e último Grand Slam do ano, evento disputado nas quadras duras de Flushing Meadows, em Nova York.

Feijão enfrentará no terceiro jogo da quadra central, o Arthur Ashe Stadium, maior quadra fixa do mundo no tênis, o número 1 do mundo, Novak Djokovic, campeão de 2011. O jogo ocorre por volta das 15h30: "Será uma estreia duríssima, a mais dura que um jogador pode ter nessa chave, mas vou com tudo, dar o meu melhor até a última gota de suor, sem desistir nunca e vou pra cima. Será uma oportunidade única atuar na quadra central e se tem um momento melhor para pegar esses caras nos torneios é logo nas primeiras rodadas", apontou o número dois do Brasil.